NBC revela nova grade de programação

A NBC continua lutando para manter a cabeça do lado de fora da água e um dia antes do começo dos upfronts liberou sua programação da próxima temporada. Como destaques, a criação de um novo bloco de comédia na sexta-feira – jogando para o dia da morte na TV “Whitney” e, mais preocupante, “Community”. Também destaco a ausência de “Smash”, que deve voltar somente na midseason (e, sim, com o Josh Safran como showrunner…)

“Nós queriamos colocar mais comédia na programação em geral”, explica Robert Greenblatt, responsável pelo schedule da emissora. “Nós achamos que vai ser bom para a saúde do canal… existe uma oportunidade para a comédia nas sextas, contanto que consigamos colocar programas que já tenham uma audiência”.

Lembrando que a NBC cancelou “Awake”, “Are You There, Chelsea”, “Harry’s Law”, “Best Friend Forever” e “Bent”. Curiosamente, apesar da notícias dadas como oficiais de que “30 Rock” foi renovada para sua temporada final, Greenblatt não confirmou isso, assim como não falou que essa seria a última de “Community” ou “The Office”, que deve voltar com todo elenco, à exceção de Mindy Kaling (que terá uma sitcom na FOX). Vamos aguardar o que será dito nos upfronts.

Aí vai a grade nova (em negrito, os novos programas)

SEGUNDA

8 PM – The Voice
10 PM – The Revolution

TERÇA

8 PM – The Voice
9 PM – Go on
9: 30 PM – The New Normal
10 PM – Parenthood

QUARTA

8 PM – Animal Practice
8:30 PM – Guys with Kids

9 PM – Law & Order: Special Victims Unit
10 PM – Chicago Fire

QUINTA

8 PM – 30 Rock
8:30 PM – Up All Night
9 PM – The Office
9: 30 PM – Parks and Recreation
10 PM – Rock Center with Brian Williams

SEXTA

8 PM – Whitney
8:30 – Community
9 PM – Grimm
10 PM – Dateline

REVOLUTION – mais uma série produzida pelo J.J. Abrams (e o Eric Kripke, de Supernatural) com uma pegada de mistério ao redor de um certo blackout.


GO ON – marca o retorno de Matthew Perry à NBC. É uma sitcom em que ele vive um locutor esportivo que começa a frequentar terapia em grupo para superar uma perda. O criador é Scott Silveri.

THE NEW NORMAL – Mais um piloto do Ryan Murphy (Glee, American Horror Story), é uma comédia sobre uma família diferente – um casal gay que contrata uma garçonete para ser barriga de aluguel e começar uma nova família

ANIMAL PRACTICE – Foi definido em algum lugar como o House para animais. Sem mais.

GUYS WITH KIDS – Título e promo autoexplicativos.

CHICAGO FIRE – Acompanha a rotina do corpo de bombeiros de Chicago e é protagonizada pelo Jesse Spencer, de House.

the office sem steve carell?

A conversa é velha: o Steve Carell já tinha dito que não pretendia renovar seu contrato com a NBC para continuar em The Office. Vê-lo reafirmar isso tanto tempo depois é extremamente desapontador. Eu, ao menos, contava que com a emissora ir atrás dele e puxar um saco básico para tentar reverter a situação. A NBC já havia dito durante os upfronts que não pretendia acabar com a série caso, realmente, a sétima temporada fosse a última para Carell.

Dá para entender os caras. A audiência é boa e há essa sensação de “ensemble cast” muito forte em The Office, mas eu acredito que as coisas ficariam fora de balanço sem Michael Scott. Não sei: só posso imaginar. Verdade que ao longo de seis anos até os personagens mais e mais secundários conseguiram se fazer queridos, mas, bem, se vamos dizer que The Office tem um protagonista, este seria o Carell, certo? Vai ser um golpe muito duro para a série.

Mas, amigos, o que para mim é o pior é que The Office vem sendo tão absurdamente irregular que a saída do ator principal só seria mais um golpe no que já foi uma das melhores sitcoms da TV. Idealmente, eles pegariam essa sétima temporada e fechariam as coisas, mas isso não vai acontecer. E, vai saber? Esse tipo de programa de LONGO PRAZO sempre pode ter altos e baixos… E, vai saber? (2), vai que acaba funcionando para o bem do show? A NBC tem quatro boas sitcoms (Office, 30 Rock, Community, Parks and Rec) e só a primeira tem boa audiência. Eles não PODEM largar o osso.

Fico me perguntando como vão lidar com a HIERARQUIA das coisas? Deixar alguém aparecer mais em The Office? Botar alguém no lugar – não no lugar as in OUTRO MICHAEL SCOTT, claro, mas outro personagem etc, tipo Mullaly -> Jane Lynch em Party Down. Vamos esperar.

upfronts 2010: nbc

Nesta segunda-feira (17), foi dia de upfront para a NBC. O canal apresentou sua nova programação (que já tinha vazado e rendeu saia justa pro Live Feed, por isso mesmo) e, com isso, suas novas séries (algumas para a midseason). Nada parece muito bom, imperdível, o que é uma pena – adoraria ver a NBC dando a volta por cima de tanta porrada que levou, às vezes merecidamente, neste último ano. De qualquer sorte, parcialmente curiosa por The Event, devo conferir Undercovers por causa do J.J., e tentada a ver Friends with Benefits só pelo pessoal envolvido (RYAN HANSEN). Acho que só.

Siga a leitura para ver as promos e os resumos das novas séries.

continue lendo

cancelamentos e renovações – r.i.p. heroes, better off ted, mercy

Os upfronts, quando os canais devem anunciar suas programações para a próxima temporada, são semana que vem, mas antecipando isso já tivemos uma enxurrada de renovações e cancelamento esta semana. Estou toda enrolada & atrasada (como se pode perceber pela falta de atualização do blog), mas não poderia deixar de vir aqui comentar um cancelamento em especial: Heroes.

Foram duas temporadas sofridas – essa é uma maneira de olhar as coisas, para alguns foram três, mas dou um desconto para a segunda porque trouxe a Kristen Bell, haha -, mas ainda assim vejo com melancolia o cancelamento de Heroes. Eles esperaram demais para cortar a cabeça da série, mas eu sinceramente seria uma das pessoas que assistiria uma quinta temporada porque a cada nova season finale eu sentava pensando que Heroes poderia se reiventar. O fato de ser uma série meio “aberta” possibilitava que a série fizesse quase tudo – até começar do zero com outros personagens seria aceitável. Essa volta por cima não aconteceu. Pelo contrário: a quarta temporada conseguiu ir mais no fundo do poço do que os piores pessimistas imaginavam.

Ninguém pode dizer que foi uma tragédia Heroes ser cancelada – estando como estava -, mas de qualquer maneira fica aí a minha tristeza por uma série que foi, sim, muito bacana em determinado momento. Perderam a mão legal, mas fica de lembrança a belíssima primeira temporada. Eu, particularmente, nunca vou esquecer da emoção daquelas primeiros tempos da série, daquela ligação bacana com as HQs, do culto que cercou a série por um tempo, da cheerleader, do Hiro sendo legal, da confusão de ver o Jess sendo protagonista de outra série (rs)… Ainda considero, sim, a primeira temporada muito boa e dia desses comprei o box e revi o piloto, que continua sendo imaginoso e impactante. Verdade que sempre foi uma ideia antiga – herois com poderes -, mas por um certo tempo Tim Kring & cia souberam misturar todos os elementos clichês muito bem.

Portanto, R.I.P. Heroes.

Além de Heroes, a NBC cancelou também Mercy, Trauma (que foi re-cancelada, risos) e Law & Order (os derivados continuam. Sinto por Mercy, que, verdade, era uma série errática e com péssima audiência e por isso sempre esteve condenada, mas que tinha um estranho carisma, pelo menos para mim. Se fosse renovada, eu voltaria. O mesmo não posso dizer de Trauma, que parte de um plot muito espécifico e sempre achei bomba (verdade que vi só os primeiros).

Do lado da NBC, entretanto, veio a renovação antecipada de Chuck. Depois dos fãs (e críticos) terem que fazer uma campanha louca para que a terceira temporada acontecesse, a quarta veio com certa facilidade. Certamente a base de fãs forte influenciou na decisão, porque a audiência da série segue não sendo nada espetacular. Inicialmente, serão 12 episódios, podendo aumentar o número depois.

A ABC também passou a faca no pescoço de uma série que começou promissora mas degringolou – e no caso de FlashForward a decepção veio voando! Com menos de 20 episódios exibidos, a série já tinha recebido todas as críticas negativas possíveis e recebia desprezo da audiência. Certamente foi um golpe forte para o canal, que investiu muito na série (chegaram a dizer “o novo Lost”! hahaha) e a série vai terminar sem um final muito conclusivo, disse a Sonia Walger, mas o cancelamento não pega ninguém de surpresa. Em um ano, FF será uma piada ruim, uma lembrança folclórica. A série começou prometendo tudo, teve audiência de 12.47 milhões e depois de cenas cafonas e atuações paupérrimas chegou na última semana com 4.77 milhões.

Daí caíram também Scrubs – depois de uma reformulação que praticamente inventou outra série – e Better off Ted – já era favas contadas, mas ainda parte meu coração. Desde já sinto falta de Phil, Lem, Veronica, Ted, Linda. A série teve uma segunda temporada sensacional que fica como epíteto – porque a segunda temporada já foi uma proeza, considerando o quão mal foi a audiência!

A outra série pimpada da ABC, V, que também não chegou a dar SUUUPER certo mas não deu com os burros n’água como FF, foi renovada. A audiência é ok, o programa é assistível e a ABC prefere garantir isso aí, especialmente considerando que a temporada que vem não terá mais Lost. V entraria nessa FATIA do público, o que gosta de ação/ficção científica e stuff. Acho que com o fim de Lost Grey’s passa a ser o carro-chefe da ABC – Desperate chegando n’uma decadência impar, Dancing with the Star é reality etc.

As novidades no canal estão chegando, e uma delas é da própria Shonda Rhimes: “Off the Map”, mais um drama médico, foi escolhida. Se essa coisa de clínica em local tropical e exótico não aparece muito atraente, acho que vale uma conferida nem que seja pela Shonda e pela Caroline Dhavernas (Wonderfall), que está na série. O procedural forense “Body of Proof” me interessa menos, mas quem sabe? A série traz Dana Delany como uma médica perita que resolve crimes…

Vamos ficar atentos aos upfronts, às novidades e a que outros shows serão cancelados. Segunda-feira é dia de NBC e FOX, terça é a vez da ABC, na quarta a CBS e por fim a CW, na quinta-feira (a CW renovou quase tudo, está no ar somente OTH e LUX, salvo engano).

Calendário: Seasons finales já confirmadas da temporada

Anote na agenda as datas das seasons finales das séris de canais aberto dos EUA (via Ausiello):

ABC

Private Practice: Quinta-feira, 13 de maio
Brothers & Sisters: Domingo, 16 de maio
Desperate Housewives: Domingo, 16 de maio
Extreme Makeover: Home Edition: Domingo, 16 de maio
Castle: Segunda-feira, 17 de maio
V: Terça-feira, 18 de maio
Cougar Town: Quarta, 19 de maio
The Middle: Quarta, 19 de maio
Modern Family: Quarta, 19 de maio
Grey’s Anatomy: Quinta-feira, 20 de maio (duas horas)
Lost: Domingo, 23 de maio (duas horas)
Dancing With the Stars: Terça-feira, 25 de maio
FlashForward: Quinta-feira, 27 de maio

CBS

Cold Case: Domingo, 2 de maio (duas horas)
The Amazing Race: Domingo, 9 de maio
The New Adventures of Old Christine: Quarta-feira, 12 de maio
Survivor: Heroes vs Villains: Domingo, 16 de maio (três horas)
CSI: Quinta-feira, 20 de maio
The Mentalist: Quinta-feira, 20 de maio
Ghost Whisperer: Sexta-feira, 21 de maio
Medium: Sexta-feira, 21 de maio
Miami Medical: Sexta-feira, 21 de maio
CSI: Miami: Segunda-feira, 24 de maio
The Big Bang Theory: Segunda-feira, 24 de maio
How I Met Your Mother: Segunda-feira, 24 de maio
Rules of Engagement: Segunda-feira, 24 de maio
Two and a Half Men: Segunda-feira, 24 de maio
The Good Wife: Terça-feira, 25 de maio
NCIS: Terça-feira, 25 de maio
NCIS: Los Angeles: Terça-feira, 25 de maio
Criminal Minds: Quarta-feira, 26 de maio
CSI: NY: Quarta-feira, 26 de maio

The CW

America’s Next Top Model: Quarta-feira, 12 de maio (duas horas)
Supernatural: Quinta-feira, 13 de maio
The Vampire Diaries: Quinta-feira, 13 de maio
Smallville: Sexta-feira, 14 de maio
Gossip Girl: Segunda-feira, 17 de maio
One Tree Hill: Segunda-feira, 17 de maio
90210: Terça-feira, 18 de maio

Fox

American Dad: Domingo, 16 de maio
House: Segunda-feira, 17 de maio
Bones: Quinta-feira, 20 de maio
Fringe: Quinta-feira, 20 de maio
The Cleveland Show: Domingo, 23 de maio
Family Guy: Domingo, 23 de maio (uma hora)
The Simpsons: Domingo, 23 de maio
24: Segunda-feira, 24 de maio (duas horas)
American Idol: Quarta-feira, 26 de maio (duas horas)
Glee: Terça-feira, 8 de junho

NBC

Mercy: Quarta-feira, 12 de maio
Law & Order: SVU: Quarta-feira, 19 de maio
The Office: Quinta-feira, 20 de maio
The Marriage Ref: Quinta-feira, 20 de maio
30 Rock: Quinta-feira, 20 de maio
Community: Quinta-feira, 20 de maio
Parks and Recreation: Quinta-feira, 20 de maio
The Celebrity Apprentice: Domingo, 23 de maio (duas horas)
Law & Order: Segunda-feira, 24 de maio
Chuck: Segunda-feira, 24 de maio (duas horas)
Parenthood: Terça-feira, 25 de maio
The Biggest Loser: Terça-feira, 25 de maio (duas horas)

NBC renova suas comédias

Depois da renovação antecipada de Parks and Recreation, a NBC anunciou nesta sexta-feira (5) a renovação de suas outras comédias: Community, The Office e 30 Rock voltam para mais uma temporada.

Parks já comentei aqui na ocasião: depois de um primeiro ano de desprezo (que eu continuo dizendo que foi gênio, concordem ou não o público e os críticos), a série experimentou um pimp absurdo em seu segundo ano e deve ficar ainda MAIOR na terceira temporada. Community estreou agradando em cheio, eu mesma que nunca fui fã estou gostando mais; a série volta para uma segunda temporada.

Já as séries veterenas estão passando por um período de maior pasmaceira. 30 Rock, apesar de tudo, sempre consegue ter os melhores one liners da TV e não me decepciona. Aguardo desde já a quinta temporada. Já The Office acho que está meio cansadinha; antigamente costumava achar que era dessas séries que podiam ser eternas. Já não me parece mais assim. De qualquer maneira, a série chega a uma respeitada sétima temporada.

Anyways, valeu, NBC! Continua tendo uma quinta-feira imbatível!

geleia geral – carolina dhavernas em nova série da shonda rhimes, novidades em grey’s e mais

A atriz Caroline Dhavernas, protagonista da deliciosa Wonderfalls, foi escalada para ser uma das protagonistas de Off the Map, novo drama médico da Shonda Rhimes. O piloto da série está sendo produzido pela ABC.

Dhavernas, 31 anos, interpretará Lily, uma jovem médica que lida com uma tragédia pessoal se mudando para uma região meio selva da América do Sul, onde trabalhará em uma clínica gratuita. Com ela estarão Meena, especialista em doenças infecciosas que tem um passado nebuloso, e Manny (Enrique Murciano), um cirurgião plástico com grande ego. Do trio principal, só resta escalarem uma atriz para interpretar Meena.

Off the Map terá Shonda Rhimes como produtora-executiva e será escrita pela co-produtora de Grey’s Anatomy Jenna Bans. As informações são do TV Guide.

_____________________________________

Por falar na Rhimes, um pouco de Grey’s. A Katherine Heigl irá participar dos últimos cinco episódios da temporada, segundo o Ausiello, mas depois disso SABE DEUS. Nos últimos dias, cresceram os rumores de que seu contrato será, ahem, descontinuado e Izzie sairá da série. Só resta aguardar.

A personagem volta no mesmo episódio que trará o irmao de Alex, que será interpretado pelo Jake McLaughlin. Aaron, o distante irmão mais novo de Alex, aparece no Seattle Grace como um paciente. O episódio irá ao ar em abril.

(outro spoilerzinho: segundo o Ausiello, dois Mercy Westers não voltam temporada que vem. Fora o Avery, todos estão COMPLETAMENTE OBSOLETOS, então WHO CARES?)

_____________________________________

Segundo o The Hollywood Reporter, o remake americano de Prime Suspect foi colocado em modo de espera por enquanto. A dificuldade para a produção, que é da NBC, seria justamente em encontrar uma atriz para o papel vivido pela Helen Mirren na versão inglesa.

A nova versão é escrita por Hank Steinberg, criador de Without a Trace, e se baseia na série da BBC, um procedural que segue uma detetive que investiga vários casos espinhosos. Depois de uma longa procura, a NBC adiou o piloto para junho, já que sente que a atriz ideal ainda não foi encontrada.

Mirren ganhou dois Emmys e três Baftas por sua interpretação da detetive Jane Tennison. Realmente, uma responsabilidade e tanto substituir a mulher!

_______________________________________________________

E a Amy Sherman-Palladino deverá DIRIGIR o piloto de The Wyoming Project. UOU.