vencedores do television critics awards (tca)

No último dia de julho, aconteceu a premiação entregue pelos críticos de televisão dos Estados Unidos aos melhores artistas e programas do ano. As escolhas acabaram sendo bastante conservadoras e similares ao que devemos ver no Emmy. Quer dizer, se a Julianna Margulies tá batendo nessa galera aqui, vai levar o prêmio de melhor atriz com a mão nas costas (os votantes são diferentes, mas). E, beleza, Glee pode ser o melhor novo programa, mas PROGRAMA DO ANO?? Dureza. E os caras meio que viraram as costas para o que foi uma impecável temporada de Mad Men (sequer indicada para melhor do ano) e deixaram Breaking Bad a ver navios perdendo para GLEE e divindindo o caneco com LOST. Bom, é só um prêmio – e certamente é um retrato do que está acontecendo na tv americana por agora.

Confiram os vencedores (em negrito):

continue lendo

Anúncios

melhores séries no ar (EW)

Então a EW fez uma matéria sobre as melhores séries que estão no ar atualmente. Top 10. O que realmente vale a pena ver logo quando vai ao ar, que te segura ansiosa semana após semana. Vocês entenderam. Daí que eu até considero uma lista honesta – como toda lista, tem sua dose de aposta, sua dose de pimp, o desprezo que está ali mais para pesar e constar do que outra coisa. Faz parte. Não é aquilo ali no preto e branco.

Por exemplo, que impacto tem, em 2010, na última temporada, lançar uma revista falando que Lost é o programa imperdível da programação hoje em dia? Está na lista e tudo, mas não precisa estar na capa, é supérfluo, desnecessário, todo mundo já sabe. A capa de Lost eles fizeram semana passada or something, falando justamente sobre a season finale. É nisso que entra a aposta. Mas é, como disse, uma lista honesta. Tem shows indiscutivelmente bons, sensações e possíveis rising stars – no que incluo aí The Good Wife. Mas eis os shows imperdíveis na opinião da revista:

1) The Good Wife (CBS)
2) Breaking Bad (AMC)
3) Lost (ABC)
4) Friday Night Lights (NBC)
5) Fringe (FOX)
6) Modern Family (ABC)
7) Glee (FOX)
8) Southland (TNT)
9) Damages (FX)
10) Caprica (SyFy)

Mas então eu resolvi fazer MINHA LISTA de séries imperdiveis. Não são necessariamente as melhores, mas são as que me deixam ansiosa, são as que baixo sem legenda porque não aguento esperar, são as que me deixam agoniadas quando entram num hiatu longos. E é bem atual mesmo – HOJE essas são as séries que me fazem feliz (top 10).

1) Friday Night Lights (NBC) – fora do ar
2) Breaking Bad (AMC) – volta logo!
3) Mad Men (AMC) – fora do ar
4) True Blood (HBO) – fora do ar
5) Fringe (FOX) – hiatu eterno
6) Gossip Girl (CW)
7) Grey’s Anatomy (ABC)
8) Lost (ABC)
9) Parks and Recreation (NBC)
10) The Good Wife (CBS)

A minha lista, por exemplo, é bem mais conservadora que a da EW. Talvez eu pudesse dizer “FNL, o show que ninguém vê”, mas isso é o que todos os críticos vêm dizendo há quatro anos, sabe? Não chega a ser um gancho. Tendo a crer que eu acabaria pimpando Fringe, tenho me sentindo já fazer isso, que para mim foi de uma série meio tosquinha para uma diversão descomprometida de primeira. Eu tô comprando tudo nessa série, curtindo todos os fillers, o que é um pouco assustador & bizarro. E inclusive gostei da EW ter citado Fringe, porque Deus sabe que a série tá precisando dessa audiência. O resto é guilty pleasure (GG, Grey’s), programas que já estão sendo pimpados (Parks, Lost, True Blood) ou shows que todos simplesmente sabem que são bons – e se você acha chato & malas pior para você – como Mad Men ou Breaking Bad.

E daí, claro, tem a própria Good Wife – que parece agradar aos americanos muito mais do que aos brasileiros. Eu curto porque acho uma série envolvente, gosto do pathos da série e acho que do ethos também – no fundo, no fundo, todo mundo tem uma retidão de encher os olhos. Não acho nada revolucionária, maravilhosa, nem mesmo imperdível. Mas pior para quem perde.

(uma lista inversa a esta: agora que Heroes acabou a temporada, minha série-fardo está sendo Brothers & Sisters. Um pior que o outro! E aí amontoam e ficam foda de encarar…)

Eae. Que programas vocês NÃO PERDEM?

Vencedores do Costume Designers Guild Awards

O 12º Annual Costume Designers Guild Awards foi nesta quinta-feira (25) no Beverly Hilton. Confira os vencedores nas categorias de televisão (em negrito):

Filme para TV ou Minissérie:

“Georgia O’Keeffe” – Michael Dennison
“Grey Gardens” – Catherine Marie Thomas
“Little Dorrit” – Barbara Kidd

Série de TV (contemporâneo)

“Big Love” – Chrisi Karvonides-Dushenko
“Glee” – Lou Eyrich
“Dancing with the Stars” – Randall Christensen
“The No. 1 Ladies’ Detective Agency” – Jo Katsaras
“Ugly Betty” – Patricia Field

Série de TV (Época ou Fantasia)
“Mad Men” – Janie Bryant
“True Blood” – Audrey Fisher
“The Tudors” – Joan Bergin

Esta foi a segunda vitória consecutiva de Mad Men no prêmio. Já Glee estreou com o pé direito.

costume designer guild awards

Pois é, já foram produtores, diretores, atores… Agora é a vez do pessoal do FIGURINO mandar os indicados a melhores de 2009. Veja você:

Filme para TV ou Minissérie:

“Georgia O’Keeffe” – Michael Dennison
“Grey Gardens” – Catherine Marie Thomas
“Little Dorrit” – Barbara Kidd

Série de TV (contemporâneo)

“Big Love” – Chrisi Karvonides-Dushenko
“Glee” – Lou Eyrich
“Dancing with the Stars” – Randall Christensen
“The No. 1 Ladies’ Detective Agency” – Jo Katsaras
“Ugly Betty” – Patricia Field

Série de TV (Época ou Fantasia)
“Mad Men” – Janie Bryant
“True Blood” – Audrey Fisher
“The Tudors” – Joan Bergin

Faz todo o sentido separar contemporâneo de época, mas acho meio ALOKA botar essa coisa “série de fantasia”. Acho que True Blood fica meio deslocado ao lado de Mad Men (anos 60) e The Tudors (século XV). No mais, para meus olhos não treinados é muito difícil julgar um figurino de séries contextualizadas nos dias de hoje –  é sempre mais fácil notar o esplendor das roupas reproduzidas de outra época, até pelo trabalho de pesquisa, cuidado etc. Mas fico curiosa para ver o resultado!

Vencedores do SAG 2010

O SAG aconteceu ontem e foi pretty much igual ao Globo de Ouro, o que meio que já nos dá uma ideia do Emmy, embora esse prêmio seja tão no final do ano que tudo pode mudar! Eu não vi o programa porque estava trabalhando, então vou só listar os resultados.

Em negrito, os vencedores.

ELENCO SÉRIE DRAMA

– the closer
– dexter
– the good wife
– mad men
– true blood

Vitória muito justa, embora eu estivesse apostando e querendo que mandassem para Dexter. É só olhar para esse pessoal ai encima (até as crianças, adoro) e dá para perceber que é um puta elenco. E ainda faltando a January Jones e o Vicent Kartheiser  (seria ele atrás do Hamm?)

ELENCO SÉRIE COMÉDIA

– 30 rock
– curb your enthusiasm
– glee
– modern family
– the office

Fico sinceramente feliz por qualquer reconhecimento que dêem a Jane Lynch, mas sinceramente? KKKKKKKKKKK.

ATOR SÉRIE DRAMA

– simon baker (the mentalist)
– bryan cranston (breaking bad)
– michael c. hall (dexter)
– jon hamm (mad men)
– hugh laurie (house)

Então, esse é o ano do Michael C. Hall, ein? Pelo jeito vem o Emmy ai. Well done.

ATRIZ SÉRIE DRAMA

– patricia arquette (medium)
– glenn close (damages)
– mariska hargitay (law & order)
– holly hunter (saving grace)
– julianna margulies (the good wife)
– kyra sedgwick (the closer)

E a Margulies, ein? Maior azarão da temporada!

ATOR SÉRIE COMÉDIA

– alec baldwin (30 rock)
– steve carrell (the office)
– larry david (curb your enthusiasm)
– tony shalhoub (monk)
– charlie sheen (two and a half men)

Previsível, esperado e merecido.

ATRIZ SÉRIE COMÉDIA

– christina applegate (samantha who?)
– toni collette (united states of tara)
– edie falco (nurse jackie)
– tina fey (30 rock)
– julie louis-dreyfus (the new adventures of old christine)

Muito surpreendente para mim, que estava apostando no “ano para 30 rock perder”, mas sou eterna.

ATOR MINISSÉRIE OU FILME PARA TV

– kevin bacon (taking change)
– cuba gooding jr. (gifted hands)
– jeremy irons (georgia o’keefe)
– kevin kline (great performances: cyrano de bergerac)
– tom wilkinson (a number)

ATRIZ MINISSÉRIE OU FILME PARA TV

– joan allen (georgia o’keefe)
– drew barrymore (grey gardens)
– ruby dee (america)
– jessica lange (grey gardens)
– sigourney weaver (prayers for bobby)

Yep.

Homenageada: Betty White!

Mas para mim o que realmente valeu no SAG foi ver BASTARDOS INGLORIOS receber alguns louros. MELHOR ELENCO (mesmo faltando ai o Fassbander, o Til Schweiger e sinto falta até do Denis Menochet – uma cena só, mas que cena!)

(Fotos: E! Online)

geleia geral – tca: renovações, cancelamentos, novidades de lost

Está acontecendo nos EUA o TCA, uma convenção que reúne os críticos de TV norte-americanos e a cada dia uma emissora tem seus panéis, anunciando novidades para a temporada. Pois hoje o dia foi quente: a ABC foi o canal do dia e aproveitou para confirmar que renovou para uma segunda tempora The Middle, Cougar Town e Modern Family, todas comédias que alcançaram sucesso na quarta-feira.

A informação foi passada pelo Steve McPherson, diretor de Entretenimento da ABC, que disse que o canal estava “muito satisfeito” com o desempenho do seu bloco de comédia nas quartas. Sobre Better Off Ted, McPherson assumiu que os números são desapontadores e que qualquer programa de comédia fora da quarta “parece uma ilha”, falando também de Scrubs. Se eles sabem disso, porque não fazem logo um bloco de 2h de comédia na quarta?

No painel mais quente do dia, os produtores Damon Lindelof e Carton Cuse confirmaram a volta de Harold Perrineau e Cynthia Watross para a sexta temporada de Lost, ainda que tenham brincado sobre se os fãs terão “todas as respostas” sobre Libby. Quando e como, claro, ainda é segredo. O que os produtores falaram foi sobre como não vão, de fato, responder a todas as questões, só “as que importam”. Eles também brincaram com a possibilidade, já descartada, de que Obama fosse fazer o discurso anual do presidente no horário da estreia de Lost. “Sou democrata, mas quando soube que eles estavam considerando fazer o discurso em 2 de fevereiro, eu pensei, ‘O filho da mãe!'”.

Também estavam no painel os atores Terry O’Quinn, Jorge Garcia, Josh Holloway, Evangeline Lily, Emilie de Ravin e Daniel Dae Kim.

Ontem foi o dia da Fox, que trouxe o anúncio esperado da renovação de Glee e também mostrou um Kiefer Sutherland disposto a continuar em 24 por mais temporadas – ao menos é o que ele diz. Da CBS, no dia 9, veio o anúncio do cancelamento de Three Rivers. Da NBC, no dia 10, um anúncio de mudança de horários que vem gerando confusão – com piadas de Leno e hoje uma carta aberta do Conan falando que não apresentará seu programa depois da meia noite.

É isso!

Melhores de 2009 para o Washington Post

Lista eclética e freak do Washington Post, misturando casos midiáticos com seriados e tals – e dando o primeiro lugar para Glee, o que sempre me deixa meio reticente, mas vá lá. Aí jogam um Weeds na terceira posição (temporada absurdamente abaixo dos padrões até onde eu vi – isso mesmo, nem consegui reunir força para terminar ainda, mas o WP garante que foi ÉPICO). Na verdade é uma lista bem popularesca – com True Blood, NCSI, Lost, até The Good Wife e Modern Family – e Weeds, que é underdog em audiência e crítica, parece uma idiossincracia de quem quer que realmente tenha elencado os seriados. Sons of Anarchy também parece out of place.

MELHORES 2009 – TV

1. Balloon Boy
2. Glee (FOX)
3. Weeds (Showtime)
4. True Blood (HBO)
5. The Good Wife (CBS)
6. NCSI: Los Angeles (CBS)
7. Lost (ABC)
8. Sons of Anarchy (FX)
9. Modern Family (ABC)
10. Michael Jackson’s Funeral