grey’s anatomy – 07×11 – disarm

Grey’s Anatomy voltou sem muita bala na agulha – o episódio é até correto e segue a cartilha Grey’s de emoção, mas sofre de uma falta de personalidade terrível. Ademais, acontece tudo que imaginávamos que ia acontecer – Cristina voltando, Meredith ainda estranhando tudo, Callie dando um pé na Arizona – e nada de muito diferente. A grande história médica do episódio leva a refletir sobre se as “pessoas más” merecem receber o mesmo tratamento dentro de um hospital – um tema em si também batido e velho e que, sinceramente, é muito TV. Não imagino uma discussão dessas durante uma cirurgia entre médicos de verdade – e achei fora do lugar até para Grey’s.

Continuar a ler “grey’s anatomy – 07×11 – disarm”

Melhores do ano: 8 – 30 Rock

“30 Rock” parecia ter chegado a uma encruzilhada criativa na quarta temporada, muito sem inspiração. Mas mesmo naqueles sombrios dias Tina Fey & cia conseguiam nos presentear com momentos melhores do que os de muitas séries de comédia que vivem sendo indicadas a prêmios. Nunca pensei em abandonar a série, nem mesmo remotamente, “30 Rock” nunca chegou na decadência que, por exemplo, a co-irmã “The Office” enfrenta. E a quinta temporada começou azeitada e já neste primeiro terço teve um daqueles momentos mágicos em que a série emplaca episódio sensacional atrás de episódio sensacional. Desde agora, a melhor temporada de “30 Rock” desde a segunda.

Continuar a ler “Melhores do ano: 8 – 30 Rock”

Melhores do ano: 9 – Friday Night Lights

E eis que me encontro às 4 da madruga sem um pingo de inspiração para falar de FNL. Mas que mundo injusto, logo FNL, a série de coração que me sobrou nestes anos pós-faculdade e que vai ser arrancada de mim, e de todos os outros nobres fãs, dentro de alguns episódios. Ainda não sei bem como vai ser quando não tiver mais a perspectiva de ter o Coach Taylor e mrs. Taylor semanalmente, nem que fosse umas poucas vezes por ano, na minha vida. E todos os demais personagens que passaram. A ficha demora a cair e, acho, muitas vezes nem cai – eu de vez em quando me pego pensando, surpresa, que Gilmore Girls de fato acabou…

 

Continuar a ler “Melhores do ano: 9 – Friday Night Lights”

Melhores do ano: 10 – The Good Wife

E aqui começo, tardiamente, eu sei, o meu Top 10 de seriados de 2010. Eu ia até voltar às resenhas (com um belíssimo episódio de FNL e o primeiro episódio de 2011 de Grey”s Anatomy), mas simplesmente tenho que começar com isso aqui. Já estava parcialmente feito e, curiosamente, os últimos lugares foram os mais difíceis. Muita coisa para entrar, mas eis aqui o que ficou.

Continuar a ler “Melhores do ano: 10 – The Good Wife”

camelot

Ainda estou pensando sobre como vou levar esse blog para frente em 2011, vencendo a falta de tempo e eventual desânimo, mas por enquanto fiquem com este preview de CAMELOT, nova série da Starz que promete fazer uma releitura dos contos arturianos. Vamos ver se terei coragem de encarar algo com o Joseph Fiennes tão pouco tempo depois de FlashForward!