parenthood – 02×01 – i hear you, i see you

Parenthood também é uma série da qual estou sempre esperando mais, muito provavelmente por que conta com o grande Jasom Katims como principal roteirista e produtor, e com a Lauren Graham no elenco. Sempre me pego querendo gostar mais da série do que de fato gosto, mas a verdade é que a maioria dos episódios sempre funcionam muito bem em certo aspecto mas deixam a desejar em outras partes. É difícil incluir tudo, fazer tudo certinho – mesmo considerando que a série viveu uma crescente impressionante na sua curta primeira temporada.

Nesse primeiro episódio da segunda temporada teve muita coisa mais ou menos. Toda a história da Sara, que continua em busca de uma auto-confiança que, obviamente, só ela se pode dar, nos outros, ou toda a coisa de Julia e Joel ensinando a Sydney sobre temáticas, hm, reprodutivas, deveria ser engraçadinho, mas não é… E Joel ganhando a confiança do sogro na unha também não passa de ok.

A Sara continua à caça de um emprego que a valorize mais, de um rumo na vida, de uma maneira de se livrar daquele peso no ombro que é se sentir um fracasso, alguém que tinha tudo para dar certo e não aconteceu. Infelizmente acho que ainda não encontraram um peso para ela. Ela é tão auto-referente sobre o assunto, falando e trazendo à baila o tempo todo, que acaba ficando um pouco chato. E mesmo no final, quando ela vai até Adam para exigir o crédito por sua ideia, é tão auto-explicativo (“preciso me dar mais valor”) que também é meio chato. E to aí no aguardo do outro interesse romântico da Sara, porque o William Baldwin vivendo o irmão pobre do Jack Donaghy não desceu muito bem.

A história que funcionou melhor foi a da família de Adam. Enquanto a parte da mãe ensinando Haley a dirigir acabe escorregando na auto-explicação (a mãe temia pela filha, “solta no mundo”, meio inexplicável o Katims estar escrevendo essas coisas), toda a história do Max, sua animação pela noite com Jabbar, a preparação e depois a incrível decepção quando Crosby diz que os planos mudaram – é tudo bom, autêntico e bem feito. E finalmente Crosby parece perceber com o que o irmão realmente tem que lidar dentro de casa.

Foi só a volta e embora não me parece um episódio especialmente bom para novatos, de qualquer maneira a história ainda está sendo colocada na mesa. Espero por um crescimento da série, como vimos na primeira temporada.

Parenthood
NBC
Segunda temporada
Episódio um
Escrito por Jasom Katims
Dirigido por Lawrence Trilling

Autor: carol

there ain't no catcher in the rye vamo se jogar!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s