gossip girl – 04×02 – double identity

Talvez os fãs do casal Blair e Chuck tenham gostado desse episódio, mas para mim foi somente passável e ainda com direito a umas forçações de barrra e alguns personagens agindo perigosamente no limite do que seria FORA do perfil. E, claro, ainda tem toda essa história da mudança de personalidade do Chuck que achei meio ruim – Chuck Bass cheio de auto-comiseração é sofrível, quase tão sofrível quanto aquele clássico e charlatão “Sou Chuck Bass”, no final, indicando a volta da confiança.

A busca por Chuck é o tema principal do episódio e atinge um ápice quando Serena tem que ir reconhecer um corpo que poderia ser do meio-irmão. Depois disso, ela se lança em uma busca fast-food que rapidamente a leva até Chuck – ou devo dizer Henry? -, que simplesmente a ignora, primeiro, e depois diz que pretende realmente deixar sua vida como Chuck Bass para trás e passar a viver como uma nova pessoa, ao lado de Eva. Serena insiste para que ele não faça isso e acaba apelando para Blair ajudá-la a evitar que Chuck suma no mundo.

B. tenta a todo custo não se envolver na história, mas na hora h ela acaba indo ao encontro de Chuck e dizendo que ele deve mais a si mesmo – e à garota que o amou. Porque mesmo ainda se importanto com Chuck, Blair diz que o superou e pelo menos não jogam os dois de volta na primeira cena juntas da temporada. Na verdade, Chuck está sentindo o peso de tudo que fez na temporada passada, se sentindo a última pessoa do mundo e querendo um bom, e saudável, recomeço (quem nunca quis?). Mas, como disse, para mim toda essa história tem um cheiro de auto-piedade muito grande e só se presta a ser Gossip Girl, mais uma vez, a louvar o Chuck, lá no fundo. Para os groupies dos persongens deve ser um deleite, mas não me parece um tratamento adequado para um personagem que deveria estar alquebrado – dá a sensação que ele estava só esperando Blair pedir para retomar a vida. Pelo menos não largou a Eva (ainda) do nada.

No outro eixo, o super-triângulo entre Serena, Dan e Nate continua chatíssimo. Enquanto Serena está em Paris achando que todo o trabalho da coisa é só ela se decidir, em Nova York muita coisa acontece. Com ajuda de Juliet, ainda com interesses ocultos*, Nate acaba incentivando Vanessa a tentar voltar com Dan mentindo sobre algo que o garoto teria dito. Achei meio fora de personagem para Nate – aquela esticada para pegar o celular de Dan! Mas, enfim. O Dan nem poderia culpar Nate, afinal de contas Vanessa dá em cima dele e ele cede sem pensar duas vezes, mas a rigor ele tem direito de ficar puto. De qualquer maneira, os dois se acertam rapidamente e enquanto Dan prefere dar uma nova chance a Vanessa, Nate também começa algo com Juliet e Serena vai ter que se contentar sem nenhum dos dois – ao menos por agora. E quando ela volta ainda encontra o bebê Milo! Por falar no bebê, Rufus tem o bom senso de dizer que eles deveria pedir novo exame de DNA sem a grife Georgina, mas Lily joga um papo de tanto-faz. Aham.

* (PEQUENO SPOILER) Dizem que algo muito ruim vem a caminho da Serena nesse início de temporada. Tipo, “vc não ia querer ser a S.”. Só posso imaginar que vai ser algo ligado a Juliet, que parece obcecada por ela. Nada a fazer senão esperar.

Gossip Girl
CW
Quarta temporada
Episódio dois
Escrito por Sara Goodman e Joshua Safran
Dirigido por Mark Piznarski

Trailer do terceiro episódio, The Undergraduates

Autor: carol

there ain't no catcher in the rye vamo se jogar!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s