no ordinary family – 01×01 – pilot

Que coisinha pobre este episódio piloto de “No Ordinary Family”, ein? Roteiro apressado, cheio de obviedades e com escolhas estranhas. Você entende quando deveria ser engraçado, mas não é, quando deveria ser emocionante, mas não é. Talvez seja só um problema de roteiro mal ajambrado, afinal de contas – tudo acontece muito rapidamente, nada é orgânico, nem temos tempo de criar nenhuma identificação com os personagens. Perto do final, já desce mais e por isso acho que deve ser um daqueles programas que melhoram com o tempo

Em poucos minutos, somos apresentados à família Powell. Jim, o marido, é um policial que se sente impotente diante do distanciamento de sua família e um pouco diminuído com a carreira ascendente e importante da esposa, Stephanie, uma cientista muito absorvida no trabalho. Todos têm boas intenções, mas no meio da correria não conseguem, apenas, encontrar tempo para ter uma relação mais assídua. Os dois filhos, um casal, também tem seus problemas. Daphne está naquela fase mais interessada no namorado do que nos pais e JJ tem problemas de aprendizado.

Depois de um bizarro acidente de viagem, as coisas mudam. Logo Jim e Stephanie percebem que estão com habilidades diferentes. Eles aceitam tudo muito rapidamente, contam cada um para um amigo, têm seus voiceovers óbvios, mas mantém um à parte do outro, a princípio. Os poderes dos dois dialogam de maneira nada sutil com suas personalidades & problemas. Jim, que se sente derrotado, vira um fortão e a atrasada Stephanie tem supervelocidade.  A desbocada Daphne se percebe telepata. E JJ, depois de muita frustração por aparentar não ter nenhum poder, descobre uma habilidade em visualizar problemas matemáticos – ao menos foi como entendi, talvez seja INTELIGÊNCIA em linhas gerais. Como o poder dele é o mais sutil, vai exigir mais dos roteiristas

É uma comédia de família que, naturalmente, vai ter um pouco de ação. A referência básica é, claro, “Os Incríveis” – que por sua vez tem várias referências de quadrinho. Se aproxima mais do Quarteto Fantástico, por ser uma família, mas no episódio sobra uma menção para “X-Men”. Talvez os próximos episódios, com tudo já mais estabelecido, encontrem um ritmo melhor. Também foi um pre-air – vai que mudam algo… .

No Ordinary Family
ABC
Primeira temporada
Episódio um
Escrito por Greg Berlanti & Jon Harmon Feldman
Dirigido por David Semel

Autor: carol

there ain't no catcher in the rye vamo se jogar!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s