palpites emmy: atrizes de drama

Mais uma categoria bastante competitiva: uma veterena acostumada a levar, uma novata que está levando tudo, duas indicadas standards que sempre têm chances e duas novatas que, pelo jeito, vão ter que considerar a indicação em si como um prêmio. Tá legal – trocaram uma atriz de Mad Men por outra, e chutaram Holly Hunter e Sally Field por Julianna Margulies e CONNIE BRITTON. Melhor impossível. QUER DIZER: deixaram a Katey Segal a ver navios, né – bem o que aconteceu com Sons of Anarchy por inteiro.

GLENN CLOSE (DAMAGES)
Concorre com: Your Secrets Are Safe

Vencedora da categoria, absoluta e sempre senhora de si, Glenn Close sempre vai ser favorita. Verdade que, do meu ponto de vista, Damages vem de uma temporada irregular, mas a interpretação da Glenn para Patty Hewes nunca foi menos que soberba. A Glenn Close sofre do cansaço dos vendedores – mesmo caso do Bryan Cranston – e talvez isso acabe por lhe tirar a estatueta – somando aí a presença de um sangue novo bem ao estilo de premiações como o Emmy. Fica como uma segunda favorita, de qualquer maneira.

CONNIE BRITTON (FRIDAY NIGHT LIGHTS)
Concorre com: After the Fall

A indicação da Connie Britton AQUECE O CORAÇAO, mas deve parar por aí. Claro que, pelo jeito, parece que o júri do Emmy nunca viu FNL. Digo isso porque *coincidentemente* na única temporada em que a série foi promovida (pela Directv), Kyle Chandler e a Connie foram indicados fazendo rigorosamente O MESMO que fazem há quatro anos. MEANING: vai que leva, né? Não parece – não chegaram sequer a indicar FNL -, mas torcer é de graça. O “After the Fall” traz uma Tami apaixonante. Não tem aquela cena que é uma aula de interpretação quase-muda e nos detalhes da cena da moeda em “East of Dillon”, mas é todinho um case pra Britton. YES, WE CAN!

MARISKA HARGITAY (LAW & ORDER: SVU)
Concorre com: Perveted

Eu não assisto Law & Order porque não faz muito a minha, mas respeito muito a Mariska e não acho que é por acaso – talvez um pouco de preguiça rs – que ela está sempre aqui. Pelo que observo, os fãs da série já diziam desde o início que ela deveria indicar o “Perveted”, que é um episódio forte e template para tudo que SVU tem de bom e do que a Mariska tem a oferecer. Não acho que ela leva o prêmio porque tem outras cartas em jogo – tanto no MAIS DO MESMO como no SANGUE NOVO -, mas também não é alguém para se desmerecer.

JANUARY JONES (MAD MEN)
Concorre com: The Gypsy and the Hobo

Curiosamente, a January Jones escolheu o mesmo episódio do Jon Hamm para enviar aos jurados do Emmy. É, afinal de contas, o episódio em que acontece o esperado confronto entre Betty e Don e o roteiro é bom para os dois. Apesar disso, acho que a January fez uma escolha em falso – ficaria com algo mais “Betty”, o The Color Blue ou o da viagem para a Itália. De qualquer sorte, acho que esta primeira indicação da January fica para reconhecer o indiscutível trabalho que ela fez no que foi a temporada da Betty, mais do que nunca, depois de ser tão solenemente ignorada sempre. Não seria zebra levar – afinal, é a “protagonista” (isso seria forçar, mas ela está na categoria principal, after all) do que é a melhor série no ar, até na opinião do Emmy -, mas seria uma surpresa e tanto.

KYRA SEDGWICK (THE CLOSER)
Concorre com: Maternal Instincts

Também não assisto e, portanto, não sei dizer nada do ponto de vista da JUSTICA e ou MERECIMENTO, mas em se falando de CHANCES, são pretty much ZERO. Mas, quer saber? Tudo pode acontecer, mas no duro este ano me parece que a Hunter tem tanta chance quanto a Glenn Close e todas as outras (nenhuma), porque se tem um prêmio que já tá com o nome escrito é este e EIS O NOME, senhores:

JULIANNA MARGULIES (THE GOOD WIFE)
Concorre com: Threesome

A Julianna Margulies chegou atropelando todo mundo nas premiações desde a estreia de The Good Wife. Quando ela começou a levar para casa todos os louros, lembro de ler um crítico comentando que nunca imaginou que a América sentisse tanta falta da enfermeira Carol. Me pergunto o quanto disso é verdade e o quanto é, de fato, a atuação segura e convincente da Julianna, destaque no que é um excelente elenco. Mas esta linha de pensamento não tem fim e não leva a nada. A Margulies merece e vai levar.

Resumão
Favoritas: Julianna Margulies, Glenn Close
Correm por fora: todas as outras

Indicadas no ano passado (vencedora em negrito)

Sally Field, “Brothers & Sisters”
Kyra Sedgwick, “The Closer”
Glenn Close, “Damages”
Mariska Hargitay, “Law & Order: Special Victims Unit”
Elisabeth Moss, “Mad Men”
Holly Hunter, “Saving Grace”

Autor: carol

there ain't no catcher in the rye vamo se jogar!

2 thoughts on “palpites emmy: atrizes de drama”

  1. Parabens Carol, foi o melhor comentário que já li até agora sobre os indicados ao Emmy na categoria atrizes em drama. Digo isso porque alguns blogueiros tem seus preferidos, os quais quando não são indicados, provocam revolta e indignação contra uma ou outra atriz que, merecidamente, recebeu a indicação. Me refiro especificamente a Mariska Hargitay que vem sendo indicada ao longo dos últimos sete anos. Alguns( poucos ainda bem)blogueiros se revoltam contra Mariska, como se a atriz tivesse culpa por sua indicação. Se querem vociferar, que o façam contra os membros da Academia. Não sou fanática pelo trabalho de Mariska, nem assisto tão assiduamente SVU, mas sem dúvida, pelo que já vi da série, Mariska é uma baita de uma atriz e merece todos os elogios que tem recebido ao longo de sua carreira. Já li inclusive blogueiro se referindo à Mariska como canastrona. Como pode uma atriz premiada como Mariska ser canastrona.Então os críticos de arte que já deram a atriz um Emmy e um Globo de Ouro não entendem de nada. Normalmente o fanatismo embota a visão das pessoas e o senso crítico fica comprometido.
    Com relação ao Emmy 2010, acho que ganha merecidamente Juliana Marguiles. Mas, se der qualquer uma das outras candidatas vou aplaudir ,porque acho que todas são grandes atrizes e mereceram a indicação.

  2. @clécia
    minha opinião sincera é que a maioria das pessoas diz que está cansada do mais do mesmo só pq esse mais do mesmo não é algum queridinho da pessoa em questão. entendo que o prêmio precise de renovação e as pessoas até cansem, mas acho injusto deixar de indicar e/ou premiar alguém porque já foi “muito premiado”. obrigada pela visita e pelo comentário!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s