multidão assiste mad men na times square: a onda do hype

Mad Men voltou para sua quarta temporada surfando em uma ONDA DE HYPE maior do que nunca. Verdade que sempre foi uma série mais falada e elogiada do que propriamente assistida – curiosamente, Gossip Girl, tão diferente, sempre sofreu com isso também. Mas se Gossip Girl ainda hoje luta para converter o buzz em audiência, Mad Men já conseguiu 5% a mais nesta premiere da quarta e está com uma audiência razoável para uma série de tv fechada (AMC).

Para promover a temporada, a AMC fez uma premiere aberta na Times Square (não por acaso a zona de NY com maior PUBLICIDADE), no que o Observer chamou de um “case of meta-product placement”. Aliás, foi este artigo que me familiarizou com o termo MADDICTS, para os fãs da série. January Jones e Elisabeth Moss compareceram ao evento e a January até comentou sobre a surrealidade que é este AMOR EM MASSA por Mad Men – multidão para ver um episódio e toda a premência pela temporada vinda de todos os cantos do mundo. Vejam:

“Nenhum de nós teria imaginado que algo nesta escala tão grande iria acontecer com este programa, e estar na Times Square com centenas de pessoas vestidas como nós*, é muito bizarro. É muito bizarro. Do jeito mais maravilhoso”.

Mad Men é um programa de qualidade tão indiscutível que sempre vai merecer todos os superlativos e longe de mim ficar de mimimi síndrome de underground (até porque a série nunca foi exatamente um underdog), mas começo a sentir, mais que nunca, certa artificialidade cercando o público da série. Não importa & não interfere em nada na série, é só um comentário. Leiam o artigo do Observer – deve ter sido uma experiência e tanto, e algo estranha mesmo, assistir o Don levar na cara n’uma cena de sexo ao lado de milhares de pessoas.

O que realmente importa é que PUBLIC RELATIONS, a premiere, foi boa pra caralho. Fique na linha que logo-logo, com todo este atraso, vou colocar na roda minha review.

* Teve uma disputa para ver quem se vestia melhor no Mad Men style. Gente de todo tipo apareceu por lá.

Autor: carol

there ain't no catcher in the rye vamo se jogar!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s