fringe – 02×19 – the man from the other side

A volta dos transmorfos acaba distraindo um pouco Walter, que ainda se bate com a questão de revelar ou não a verdade para Peter, e ao final as próprias questões que surgem com a ação dos transmorfos acabam fazendo Peter entrever a verdade – e ficar profundamente abalado, claro. Achei a descoberta um pouco anticlimática, foi muito jogada na trama, e ao invés de funcionar como um final bombástico para mim ficou como algo meio decepcionante, depois de um bom episódio.

O FBI não demora a perceber que há transmorfos circulando nessa realidade e que eles pretendem fazer a experiência de “abrir” um caminho entre as duas realidades – como percebe Walter, eles podem fazê-lo de maneira simétrica, tendo gente dos dois lados, mandando as coisas de lá para cá e vice-versa. E ele percebe porque, afinal, foi o que ele fez em menor proporção para trazer Peter da outra alternativa.

Com uma triangulação de informações, Walter e Peter descobrem o local provável em que os transmorfos vão estar do “lado de cá” e vão lá para tentar impedir. A cena da ponte foi toda bacana, com bons efeitos e tensa. No meio de tiros, puxa de cá, corre de lá e a ponte virando realmente uma ponte entre as realidades, Peter teve a percepção de que ele não é deste mundo – quando a onda de energia que é gerada ali na ponte desintegra um agente ao FBI que estava ao seu lado e ele fica normal, ele percebe que algo está estranho.

No hospital, bem, Peter confronta Walter sobre o que aconteceu, perguntando diretamente se é da outra dimensão. A confirmação o deixa frustrado e ele fica daquele jeito que já era previsível – nervoso, irritado, magoado. E daí ele foge. Esse foi o final com gancho matador que achei sem peso – foi óbvio e investiram sério e nem a raiva de Peter estava muito EXPLOSÃO. Beleza eles optarem por fazer um tom abaixo, mais sei lá.

Do outro lado, Newton conversa com um homem misterioso, que tem somente sua mão mostrada e é tratado por Sr. Secretário. Quem será? O Walternative? Mistéeeerio.

Fringe
Fox
Segunda temporada
Episódio dezenove
Escrito por Josh Singer e Ethan Gross
Dirigido por Jeffrey Hunt

Autor: carol

there ain't no catcher in the rye vamo se jogar!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s