the mentalist – 02×15 – red herring

Mais um filler, e não parece um trabalho sisifiano ficar semana após semana começando tudo do zero em um novo caso que vem do nada, leva para o nada e não acrescenta nada aos personagens e seus relacionamentos? Eu sei, eu sei, é um procedural, está aqui para isso, mas eu pelo menos estou assistindo The Mentalist muito superficialmente ultimamente – o que não é um problema per si, mas dificulta vir aqui e escrever algo interessante.

O caso da semana envolve chefs em uma competição, todos suspeitos depois que um deles é envenado com ricina. Mas assim que a inestimável assistente do falecido entra em cena fica tão absurdamente escrito que ela é a culpada que só nos resta, como sempre, sentar e esperar Jane decifrar de maneira impossível o caso e nos explicar os comos e porquês: aqui, se tratava de vingança diante de uma sabotagem do chef, que permitiu que a funcionária fosse seguir carreira própria só para usar a namorada poderosa para evitar que o negócio decolasse. Quando ele, numa recaída alcoolica, confessa, ela vai lá e o envenena. E depois envenena também a namorada, just in case.

Nada de muito precioso nesse episódio. Só gostaria de salientar que a maneira absurda e ilegal e PURO JOGUETE que Jane utiliza para chegar à confissão da acusada é abusiva e em qualquer lugar do mundo o CBI estaria nadando em processos. Os métodos importam sim – vão investigar, achar evidência, essas coisinhas do dia a dia! Eu sei que o Jane é o mentalista e chega aos resultados por chutes altamente calibrados, mas as configurações que ele precisa para TESTAR essas teorias sempre envolvem coisas absurdas como, nesse caso, prender a ex-mulher grávida do cara, para parecer que já tinham encerrado o caso. É sempre assim: uma armadilha, uma situação falsa, uma parada que pode ser contestada legalmente na frente de um juiz e tudo mais.

Mas talvez seja só eu de mau humor. Aguento fillers n’uma boa, se forem bom entretenimento, mas essa segunda temporada de Mentalist parece uma bolha solta no ar, não faz sentido – e entretem muito pouco.

The Mentalist
CBS
Segunda temporada
Episódio quinze
Escrito por David Appelbaum
Dirigido por Eric Laneuville

Autor: carol

there ain't no catcher in the rye vamo se jogar!

2 thoughts on “the mentalist – 02×15 – red herring”

  1. não gostei desse ep. se fosse em outro momento da série, tiops primeira temporada, acho até que seria melhor. tava tudo muito óbvio, como você disse, era só esperar pra ver como Jane ia chegar até a culpada. me senti em antigos ep outros eps com essa mesma estrutura, só mudando os personagens. teve aquele da concessionária que era nesse estilo, há uns dois eps atrás, só que era um pouco melhor, se não me falha a memória; talvez pela participação do graham dando um pouco mais de graça ao ep.

  2. vc deveria mudar o nome do blog de “sobre televisão” para “minha opinião” não tenho nada contra só que alguém desavisada como eu perde tempo em ler algo fútil…….

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s