life unexpected – 01×04 – bong intercepted

Me atrasei um pouco em Life Unexpected porque de repente tudo cruzou a linha do adorável para o DEMAIS: os personagens ficaram irritantes, o tom adocicado desandou, Lux sequer parecia mais crível… Esse “Bong Intercepted” consegue um resultado meeiro: enquanto alguns personagens conseguem mostrar que são, ahem, adultos, a série ainda se permite uma cena totalmente cafona, previsível, adocicada e ainda n’um tom paternalista horrorosto do amigo do Baze dando conselhos para Lux.

Nesse episódio, o castelo de cartas que Lux criou na escola vai desabar quando o bong que ela vendeu para a colega é encontrado pela diretoria. A suspensão seria ok, mas a péssima reação dos pais e a tentativa de Cate de “limpar a ficha” da filha acaba desastrosamente: ela conta a história da garota, seu crescimento difícil e apela para a piedade da diretora, que cede. Infelizmente, uma colega vê a ficha da assistente social de Lux, xeroca e distribui pelo colégio, expondo facilmente que tudo que ela contou sobre colégio interno, Jerry Garcia, San Francisco e tudo mais eram mentiras.

Dois pontos: essa coisa da Cate de sempre tentar dar carteirada é absolutamente irritante. “Ai, a diretora me adora, vou lá tentar te ajudar, isso é horrível para sua ficha etc”. Já foi, por sinal, a carta que ela jogou para conseguir matricular Lux no colégio, em primeiro lugar. Agora, não foi realmente Cate quem expôs Lux e, mais ainda, ela não tem culpa se a menina mentiu completamente para as colegas – inclusive LESANDO FINANCEIRAMENTE uma delas vendendo o bong pelo que não era.

Todo mundo acaba perdoando todo mundo nessa série porque a intenção era boa, no final das contas. O episódio gira em torno de um evento da rádio “Drunk’n and Dating” or something, que Cate e Ryan vão realizar n’um bar em frente ao de Baze. Querendo melhorar as condições financeiras do seu bar, Baze finalmente pede uma ajuda para Cate – tipo, “faça essa parada aqui” -, mas ela reage muito mal e diz que ele é quem deveria ajudar a si mesmo. Ele o faz “sabotando” o outro bar, denunciando por que vendia bebida a menores. Agora: eu aqui na inocência achando que Cate e Ryan tinham alguma espécie de ACORDO FINANCEIRO aka o bar anunciava com eles, enfim, o logo aparecia no site, mas era só uma questão de logística no fim de tudo.

O evento finalmente acontece no bar de Baze. O amigo gordinho dele tá todo nuts, pensando em convidar Cate pr’um date, o episódio lida com esse crush adolescente que voltou com tudo… No meio da coisa, Lux e Cate brigam e a filha acusa a mãe de viver uma vida de aparências, como exemplifica o fato de ser noiva às escondidas de Ryan… E aí ela vai lá diante de todos e diz que os dois são noivos, desmascarando o casal – no final das contas, quebra um pouco a credibilidade de Cate (“Você mentiu sobre sua filha, agora sobre isso”), mas como diz a produtora, a Erica de “Being Erica” em uma participação legal, pelo menos dá audiência.

Cate, de qualquer maneira, tem esse momento de conversa honesta com Lux e age como adulta for once, falando que está fazendo seu melhor e que uma hora, enfim, a menina vai ter que decidir se “pega ou larga”, porque ela é uma mãe imperfeita etc. É curioso que Cate e Baze geralmente são absurdamente imaturos e sobra tipo para Ryan sempre ser uma voz da razão adulta – nesse episódio ele dá uma real para Baze, dizendo que ele consegue muita coisa “fácil”, como a própria admiração e preferência da filha – e que deve aproveitar o que tem e parar de ficar se sentindo coitado. Eu por sinal acho essas dificuldades do Baze muito surreais, o ator trata tudo muito levemente e nenhuma delas passa um PESO REAL. Mas isso também é um pouco o tom mellow da série.

Lux acaba recendo os conselhos do gordinho na pior cena do episódio – com ele falando que “você não está sozinha” aka tem muita gente se fudendo no mundo, e compartilhando a história do seu crush e de como nunca conseguiu falar com Cate na escola e etc, e que os dois estavam se esforçando; whatever. Foi tudo tão irritantemente errado nessa cena que quase conspurcou o que seria de outro modo um episódio interessante e bom nos padrões de Life Unexpected.

De qualquer maneira, Cate fica se torturando imaginando se Lux vai voltar para casa – e é claro que ela está lá, embora eu duvide que não vamos ver mais questões do tipo FUGA no futuro – e até Baze recupera o bong para a filha. O final feliz e doce de sempre.

Life Unexpected
CW
Primeira temporada
Episódio quatro
Escrito por Emily Whitesell
Dirigido por Jett Elman

Anúncios

Autor: carol

there ain't no catcher in the rye vamo se jogar!

2 thoughts on “life unexpected – 01×04 – bong intercepted”

  1. cê acha que essa série dura? vi até o ep 7 e não to botando fé. eu fico pensando se eles vão ficar nessa de aceitação da nova família, com Lux fazendo a eterna fugitiva ou se vão tentar estabilizar essa situação e dar uma “reconfigurada”. acho a primeira opção, apesar de mais provável, muito cansativa. tá no começo e eu já fico sem ânimo de baixar rs não sei quantos eps terá a temporada, mas no 7 já era pra essa série caminhar pr’algum lugar. eles ficam lá remoendo basicamente as mesmas questões todo santo ep rs

  2. bom, como tá com audiência melhor do que gg, melrose place ou 90210 acho bastante improvável que não renove. pega numa coisa saudosista da warner também etc. imagino que depois de gastarem a 1ª temporada toda com essas adaptações, depois vire uma série sobre filho adolescente whatever. mas concordo, tá a série da redundância até agora.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s