men of a certain age – 01×01 – pilot

Projeto novo de Ray Romano, do “Everybody Loves Raymond”, “Men of a Certain Age” pretende refletir sobre homens de meia idade que estão passando por um momento de hesitação em sua vida. Temos três amigos: Joe (vivido por Romano), dono de uma loja de conveniência cujo vício em jogo envenenou o casamento (agora ele é divorciado); Terry (interpretado por Scott Bakula), um ator semi-aposentado que ainda faz sucesso com as mulheres, apesar da decadência profissional; e, por, fim Owen (Andre Braugher), que trabalha na concessionária do pai esperando um dia herdar o lugar.

O piloto do episódio é muito bom; cumpre bem seu papel de nos apresentar aos protagonistas e, bem, isso basta, porque Men of a Certain Age não é do tipo de série em que o enredo é uma grande coisa. Eu assisti meio que na premissa de que essa seria a versão masculina de Cougar Town, mas não existe nenhuma equivalência entre as duas séries à parte o fato de ter protagonistas quarentões/cinquentões. Romano e Royce trazem para nós três adultos que lançam um olhar melancólico ao ponto da vida em que estão. Joe chega a dizer que quando você se olha no espelho “você se reconhece, mas tem um pedacinho de você que você não reconhece” (desculpe pela tradução lame).

Os três atores estão muito bem. Romano consegue fazer Joe alguém misteriosa e ingenuamente esperançoso. Ele ainda não superou a separação e mente para a ex-esposa dizendo que largou o vício logo depois de perder dinheiro jogando. Joe tenta ter uma boa relação com os filhos, uma adolescente e um pré-adolescente, mas os dois quando vão visitá-lo estão sempre conectados à internet, a algum jogo ou ouvindo música. Existe uma parede invisível que Joe tenta bravamente, e sem vergonha, quebrar. Ele é um cara doce – é o cara que quer descer do carro para ajudar o gambá que acabou de atropelar, “é isso que faz, certo?”. A interpretação de Romano é muito pungente, quase doi um pouco.

Bakula tem talvez o trabalho mais fácil, mas o faz com vigor. Terry sabe de suas limitações, mas usa algumas das facilidades que sua oposição oferece sem muita vergonha, enquanto luta para não cair muito no patético. Ele era o bonitão da juventude e ainda consegue mulheres com facilidade, mas alguma coisa, obviamente, se apagou com a idade – e o fracasso profissional como ator. Quando ele pensa em recusar uma audição porque o papel é patético, a amiga do café (vivida pela Carla Gallo) o incentiva. “Você escreveria nesse filme?”, ele pergunta, aludindo ao fato dela ser roteirista. “Claro que sim! Olhe onde estou escrevendo!”, ela responde, apontando para o copo de café.

Por fim, Braugher vive Owen Junior, alguém que sobra em sua casa em reforma e que é desprezado pelo pai. A presunção de que automaticamente herdaria a concessionária (“E aí vou fazer os outros rodarem a pedra para mim”, conversa sobre Sísifo) é tragicamente destruída pelo pai que, desgostoso, promove outro. E mais: diz na cara dele que ele é uma vergonha e um peso, alguém que não se interessa por nada. Que chega resfolegando na sala – isso é importante porque o excesso de peso dele é algo que aparece aqui e ali, meio under the radars, e que o incomoda profundamente, porque todos reparam.

Enfim, o piloto de Men of a Certain Age faz muito bem o que todo piloto deve fazer: apresentar os personagens, o clima do programa e nos fazer compreender que vai valer a pena voltar, semanalmente, para a companhia dessa gente. Recomendado.

Men of a Certain Age
TNT
Primeira temporada
Episódio um
Escrito por Mike Royce e Ray Romano
Dirigido por Scott Winant

Anúncios

Autor: carol

there ain't no catcher in the rye vamo se jogar!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s