skins – 04×04 – katie

Depois de muito tempo vendo Katie somente de soslaio, a sensação que eu tenho é de que o próprio episódio centrado nela também a olha meio de lado. O que Katie andou fazendo nesse tempo fora das nossas vistas? Ajudando a empresa da mãe, namorando aquele cara inexpressivo e aparentemente só. Infelizmente para ela, essa vida precária vai meio que ruir depois de uma sequência especialmente ruim de acontecimentos.

As tensões entre os Fitch continuam – o pai ainda está em uma crise econômica que logo descobriremos ser ainda pior do que parecia. E logo no início do episódio Katie descobre que sofreu uma menopausa precoce e nunca poderá ter filhos. A notícia é tão grande que ela não parece absorver de primeira e só ao sair do consultório é que a solidão em que ela tem vivido parece gritante. Seus pais estão muito entretidos com a FALÊNCIA financeira e talvez até do casamento; Emily sequer atende sua ligação; ela aparentemente não tem mais amigos.

Com o segredo pesando, Katie tenta seguir adiante com suas obrigações na empresa da mãe mas acaba explodindo ao ver a cliente, uma noiva jovem que está grávida, bebendo. “Você sabe que não deve tomar alcool enquanto está grávida”. Logo depois, ela arruma briga com a melhor amiga da noiva e é humilhada diante de Effy e Fred – logo depois de recusar a bandeira da paz oferecida por Effy. Demitida, Katie sai da festa e do lado de fora acaba tendo uma conversa amigável com Effy. Até aí, o episódio estava indo muito bem, desconsiderando um passo falso dessa cena (“Como é o amor?”, pergunta Katie a Effy, dizendo que sempre sonhou em ter tudo, o melhor marido, uma família linda… É tudo muito clichezão). A segunda metade que teve várias coisas meio mal feitas.

Primeiro, porque todos os adultos de Skins sempre têm que ter um tom humor-histérico? É uma maneira de aumentar surrealmente os defeitos da idade adulta? De torná-los efetivamente os palhaços que são aos olhos dos adolescentes? Por que apesar de serem os pais e provedores, os Fitch estão claramente sem controle nesse episódio – perderam a casa porque o pai empenhou para tentar salvar a academia. Até a cena da empresa chegando para recolher o bem dos dois é cartunesca. E eu sei que é exagerado porque eles querem – não teria como ser diferente -, mas não provoca graça, enternecimento, reflexão, porra nenhuma. Não sei direito onde eles pensam que chegam com isso.

O pior é que expulsos, eles vão procurar abrigo na casa de Naomi, sob sugestão de Katie. Olha, acho meio inacreditável a familia não ter NINGUÉM a recorrer fora Naomi – que até acha que eles estão de sacanagem – e na verdade parece só um recurso da série para juntar todos os Fitch e ver o circo pegar fogo. A mãe claramente insatisfeita com tudo, Katie mais conciliadora, querendo proteger o irmão caçula, o pai envergonhado e Emily a louca.

Emily é muito menos receptiva à chegada da família do que Naomi, inclusive. Ela logo avisa que vão dar um churrasco lá, faz questão de ser agressiva e beijar acintosamente Naomi diante da mãe etc. A festa estava até uma coisinha pacata entre amigos, Freddie e Thomas fazendo hamburguer na chapa, JJ brincando com o Fitch mais novo, mas Emily segue um pouco insana. Ela quer pílulas e chega a perguntar a Naomi se ela não tem “um pouco daquele pó”, numa cutucada direta sobre o caso de Sophia que deixa a namorada magoada. Para piorar, Emily começa a dançar com uma garota avulsa e logo a beija, para espanto de todos.

Quando estoura a briga entre Emily e Naomi, esta assume que fez sexo e deu drogas a Sophie e que Emily a está punindo por isso – todo o episódio fica muito claro que Emily ainda não superou os acontecimentos e se encontra em um estado de perpétua mágoa. Ela não conseguiu ir embora, mas certamente não está tendo sucesso em arrumar uma maneira digna de ficar. A mãe das gêmeas fica chocada com tudo e Emily lança um discurso, acusando a família de fingir ser perfeita, o que está longe de ser – enquanto a sra. Fitch sai magoada, Katie dá um tapa na irmã, que também fica arrasada chorando.

Katie só vai encontrar um pouco de paz ao lado de Thomas, que já havia tido sua cota usual de perceptivo-da-galera ao sugerir terminar a festa. Os dois ficam trancados sozinhos nos banheiros, com Katie na banheira tomando banho. É uma cena forçada per si, e se o diálogo dos dois é algo bonito, também é algo forçado e improvável (fora o “Eu sou uma vaca?”, perguntado por uma Katie que não é vaca há uns bons episódios e sequer foi uma questão abordada aqui. E que é simplesmente didático demais). A combinação não é muito orgânica e tem aquela coisa de Skins de se pegar por se pegar, para depois dizerem “vamos ser amigos”. Pela primeira vez, Katie consegue contar para alguém que nunca vai poder ter filhos e é consolada.

Mais calma, depois ela vai consolar Emily, que está chorando sozinha na cama, também ela sentindo a vida como se fosse um fardo. Reunidas com o pai e o irmão, elas vão encontrar a mãe na casa vazia, onde acontece uma cena de reconciliação dentro do previsível – e Katie compartilha seu segredo com a mãe. A família terminar o episódio em bons termos – e já tem até um trailer para morar! Risos.

Foi um bom episódio, mas com muitos clichês e didatismo desnecessários. Também achei que vimos mais dos outros do que de Katie – e eu sentia necessidade de entender “onde” ela estava, como depois da agressão da Effy, que vimos que ela estava em um estado absurdo de raiva colocada para fora de uma maneira altamente egoísta. Enfim. Vejam o trailer do próximo, Freddie. Muito pouco promissor para mim.

Skins
E4
Quarta temporada
Episódio quatro
Escrito por Georgia Lester
Dirigido por Neil Biswas

Anúncios

Autor: carol

there ain't no catcher in the rye vamo se jogar!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s