the office – 06×14 – sabre

Como “The Office” está irregular nessa temporada, não? Lá vamos nós para mais uma mudança estrutural na Dundler Mifflin e embora tudo isso pareça um pouco repetido e tudo mais – até a vibe chefe-que-desconfia-do-michael -, tenho esperança de que com a Kathy Bates, sei lá, tudo vá magicamente melhorar! Porque depois daquele episódio condescendente que antecedeu “Sabre” pelo menos eles retomaram o fio da história e jogaram a bola para frente, voltando à compra da Dundler Mifflin e tudo mais.

Embora essa história não tenha sido particularmente ruim, não mostrou muito nada de diferente de Michael tentando achar um way out e depois voltando a um nicho de esperança, convencendo os empregados de o que importa é que estão ali e vão dar um jeito de funcionar – e é claro que vão.

Coube a duas histórias paralelas, entretanto, as honras de levarem a graça do programa adiante. A primeira é o não-casal Erin e Andy (que como o Sepinwall apontou são uma espécie de Pam e Jim de um universo paralelo bizarro), que continuam lentamente avançado em seu relacionamento e têm uma cativância estranha, mas que nem de longe segura uma série (em minha opinião). O outro highlight também não chega a ser genial: a versão desempregada, bêbada e aloka do David Wallace, o marido inconveniente, tocando bateria com o filha, aparecendo como um loser para um ex-empregado.

Afora isso, “Sabre” figura alguns dos piores momentos de Jim e Pam na história da série. “Nós somos um casal legal” era para ser presunção-engraçadas mas só ficou presunção-chata, mesmo. Depois que eles casaram, meio que submergiram o casal – que eu ainda gosto pra caramba e tudo, nem diria que estragaram ou nada, mas os dois não estão tendo grandes momentos. Mas aqui voltamos a algo que falei em minha última resenha – ninguém está tendo grandes momentos em “The Office” e acho isso preocupante.

The Office
NBC
Sexta temporada
Episódio catorze
Escrito por Jennifer Celotta (escritora antiga da série, muita coisa nas costas…)
Dirigido por John Krasinski (JIMMMMM)

Autor: carol

there ain't no catcher in the rye vamo se jogar!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s