the good wife – 01×11 – infamy

Mais um episódio sólido de The Good Wife, ainda que este aqui tenha algumas coisas que pareçam forçadas (um pouco a trama da esposa do novo procurador, o fato do jornalista ficar perseguindo tão desavergonhadamente os advogados no seu programa etc), mas não chega a comprometer.

O caso principal é de um homem contra um apresentador de TV popularista, que acusou sua esposa de ter matado a filha bebê deles, inventando que a criança havia sido sequestrada. A mulher eventualmente se suicida e o marido faz questão de ir à justiça para “ser ouvido” etc. O canal está disposto a fazer um acordo, mas o próprio apresentador faz a linha AGRESSIVO e diz que se a empresa pagar um cents vai embora. Ele consegue se sair com a Primeira Emenda, pois o juiz diz que a acusação teria que provar que ele sabia que estava mentindo, e vira suas armas para Gardner, mostrando uma foto dele e de Alicia n’um hotel (estavam investigando para um caso). Era justamente o que Alicia precisava: mais um boato.

Eventualmente, a acusação consegue provar que o comentarista se baseou em informações falsas para fazer seu julgamento e, no fim, a garotinha é até encontrada – o que prova cabalmente que o cara estava errado -, mas mesmo com o júri sendo a favor da condenação o juiz não permite porque julga que minar a Primeira Emenda minaria tudo – e que o jornalista não tinha como saber que estava sendo induzido ao erro. Só acho que um cara que botou tanto o pau na mesa por ter o direito de FALAR O QUE PENSA deveria ter feito um mínimo pedido de desculpas no ar ao perceber que acusou uma mãe injustamente de algo abismal. Pelo contrário, ele cumpre sua promessa de caça às bruxas e revela alguns sonegadores da firma Gardner e uma lésbica no armário – que seria Diane. A cena é toda ótima: Alicia está assistindo ao programa com Kalinda e meio que olha assim para ela na hora que o cara diz que vai revelar, claramente pensando “PUTZ, e se for a Kalinda”, não por nada de preconceito, mas só porque ela estaria ao lado dela n’um momento desconfortável. E vemos Diane gargalhando diante da notícia…

Alicia que é afastada do caso logo quando começa a pegar fogo, para trabalhar em um caso de divórcio. Surpresa: é a esposa de Glenn Childs, novo promotor, que quer se separar e quer realmente usar Alicia para ameaçar o marido. O cara, obviamente, não leva bem e tenta intimidar Alicia e depois age para colocar Peter na população geral da cadeia. É um plot muito VA, inclusive morri na reunião que trazia o casal (soon-to-be-ex) e seus advogados, e claro que Alicia fica desconfortável com tudo. Glenn diz que tem 8 anos de provas contra Peter e que “os pacotes” são só o início – e claro que Alicia não sabe do que ele está falando porque os filhos estão interceptando a correspondência.

Eventualmente, Alicia revela um pedaço de informação que Carla Childs disse para ela – e Peter fica querendo mais. Fica claro que há muito mais nessa conspiração também e estou curiosa para ver os próximos passos. Peter querendo ir pra cima, Glenn querendo ir pra cima, as crianças ainda escondendo os pacotes da mãe (Grace nega que tenha chegado qualquer coisa desse tipo) e Alicia no meio de todo esse fogo cruzado.

ps – e todo o flerte de Will com a advogada? E Alicia percebendo? etc.
pps – Alicia e Peter discutindo mais abertamente as chances de uma reconciliação dar certo.

The Good Wife
CBS
Primeira temporada
Episódio onze
Escrito por Todd Ellis Kessler
Dirigido por Ned McCormick

Anúncios

Autor: carol

there ain't no catcher in the rye vamo se jogar!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s