the office – 06×02 – the meeting

themeeting
o segundo episódio de the office foi um pouco mais fraco do que a da semana anterior, mas serviu a um propósito muito claro, que ajuda a trama a caminhar: a promoção de jim.

o encontro do título é uma reunião entre jim e david, privada, que obviamente deixa michael subindo pelas paredes. fica claro desde o princípio que a reunião é algum tipo de iniciativa de jim, que parece animado e recebe um boa sorte de pam, é jim deixando de ser o cara que não tinha muita ambição nem certeza se aquele era seu caminho para tentar dar um passo adiante e assumir mais responsabilidades.

michael tenta descobrir o que está acontecendo através de pam, tentando ler lábios do lado de fora da sala, tem a super idéia de entrar na sala debaixo de um carrinho de comida levado por andy… não aproveitei muito esse plot como algo divertido nem mesmo nesses momentos, em que deveriam provocar risadas. depois, quando david vai conversar com michael o elemento cômico sai de cena para dar lugar àqueles momentos em que só se pode ter asco do michael. david mostra sua preocupação com o fato de que a filial está acumulando muito serviço desde que fecharam o escritório de buffalo e pergunta se michael acha que jim está pronto para uma posição de gerência. ele quer “aproveitar o potencial de todos” e dividri as funções.

michael se vale de um antigo relatório de toby (“que todos sabemos que é… confiável”) para desmerecer jim – toby nunca gostou de jim porque tinha crush na pam e deixa isso perceptível no seu relatório. pior, egoísta, michael diz a david que ninguém ali estaria pronto para essa posição e que ele pode continuar comandando tudo sozinho.

depois de receber o passa fora de david, jim fica puto e vai perguntar a michael o que ele falou pro chefe. michael fica dizendo que falou a favor dele, bla bla bla, mas jim não acredita e o pressiona a ligar para david e dar uma referência para ele (“pode fazer agora?”). a ligação é no viva voz e jim percebe que michael o queimou pra david.

depois, david acaba propondo que os dois dividam o comando, ele e michael sendo co-gerentes, jim lidando do dia a dia do escritório e michael do relacionamento com os clientes. “Então gerente e co-gerente”, fala michael, ainda tentando de alguma maneira ficar por cima (é compreensivel, afinal pra ele isso é meio DOWNGRADE). “isso pode ficar um pouco confuso para as pessoas, porque elas me conhecem como gerente”. num último momento, michael dá pra trás e não consegue estragar as coisas pra jim, pelo menos não na cara dele, porque david diz que se ele preferir eles não fazem nada daquilo.

nos plots paralelos, primeiro temos pam em sua jornada de confirmar quem vai para o seu casamento – em niagara falls, tentando evitar que o pessoal vá. apesar disso, ela anuncia com pesar que michael deu a sexta e a segunda de folga a quem for “basicamente, as pessoas vão ter que escolher entre ir ao meu casamento ou trabalhar”. kelly confirma que vai se ryan for, ryan primeiro esnoba o “preço por convidado” da festa, dizendo que ja bebeu champanhes daquele preço, mas depois meio que confirma… meredith faz questão de dizer que quer tudo do mais caro e que pega as instruções de como chegar lá no dia (“então você vai me ligar na manhã do meu casamento para saber como se chega ao local?”)… e an

a melhor parte do episódio para mim foi, entretanto, a inusitada parceria entre toby e dwight. começa com darren pedindo licença do trabalho por conta de um acidente que dwight desconfia que foi forjado. fã de histórias de inevstigação, toby acaba sendo convencido a tentar descobrir mais sobre o que aconteceu. eles montam uma vigia do lado de fora da casa de darren e acabam flagrando alguém que pensam que é ele carregando peso… mas é a irmã! eles vão embora, mas darren percebe o que se passa e vai tirar satisfação. é hilário o momento em que darren questiona como eles pensaram que uma mulher poderia ser ele e dwight olha pra câmera: SÓ EU ESTOU VENDO ISSO? depois, dwight vê no armazem que os funcionários usam o elevador de forma imprópria e diz que vai acusar darren de fraude. darren ameaça acusá-los de ter abusado da irmã dele (“nenhum juiz vai acreditar nisso!). sem sucesso, toby tenta demovê-los da idéia e deixar elas por elas…

esse lado detetive de dwight é muito bom, mas enquanto ele se perde em investigações não presente o GOLPE vindo. ele fica LOUCO quando michael anuncia a promoção de jim. pelo jeito vão voltar com tudo com a antiga e boa rivalidade jim x dwight. muito bom!

ALEATORIEDADES

* não gostei muito da cena de abertura, com michael perguntando a oscar sobre a colonoscopia. não achei engraçada, achei forçada e blas.
* primeiro that was she said da temporada, no momento mais inapropriado, claro!
* e quando darren fala do plano de saúde universal da suécia? é uma piada que é a cara do rainn wilson, que tem muito apreço pelo tema.
* momento creed: “acho que eles estão falando de mim”, ele fala pro michael. “não, acho que eles estão falando de mim” “é, faz mais sentido. obrigado, chefe!”.
* frase do episódio: EU TAMBÉM VOU SER PROMOVIDO A CO-GERENTE. ahhh, michael.
* cena final: pam e angela concordando que meredith foi rude, pam tira a bolsa dela e senta na cadeira… PAM! minha bolsa estava aí. haha. s2 angela.

Anúncios

Autor: carol

there ain't no catcher in the rye vamo se jogar!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s