gossip girl – 03×01 – reversals of fortune

reversals of fortune

é verdade que não foi um episódio muuuuito bom, teve esse tom de comédia, leve, a maior parte do tempo, mas foi ok né. minha opinião:

* serena. embora o tom de mistério sobre o que realmente teria acontecido no verão tenha sido meio chato (pelo gancho da SF a gente tinha uma ideia de que era algo relacionado com o pai), a história até funcionou. certo, serena não precisava mentir pra todos, fez rufus gastar aquela grana desnecessariamente (já que ela mesma vai continuar trabalhando pra aparecer) e tals… mas aí não teríamos enredo, né. dá pra entender que é algo que a serena sente que precisa fazer sozinha e ela até rechaça um pouco o carter, que foi alguém que esteve próxima dela durante o drama-daddy-issues, pq no fundo é algo muito íntimo. eventualmente, ela DEVE falar pra blair, pra dan, pra whatever. é legal ver a serena ativa, interessada em algo e que bom que pelo menos ela não é uma vítima dos paparazzi, como vimos no final, e está usando pra algo que ela quer…

* blair/chuck. acho que os roteiristas botaram na boca dos personagens o medo deles mesmos e dos telespectadores, de que agora que b & c estão finalmente juntos a coisa acabe ficando entediante, ou que tornem o casal iô-iô, algo assim. particularmente, acho totalmente maluquice ficar fazendo esse tipo de joguinho num relacionamento, e acho que veremos isso backfired em algum momento/em algum nível, mas acho que combina com os dois. foi bacana vê-los conversando francamente no final, reconhecendo como já disse esse medo de geral de que não saibam lidar com o casal que quase todo opúblico tanto esperou…

* dan. achei meio boring toda essa coisa de vergonha de ser rico e a vanessa nem estava julgando ele no início. claro que depois a reação da v também foi exagerada, ficou bem didático que foi pra criar um conflito mesmo… sobre a vanessa, lá vai ela cair em mais uma CILADA. essa vibe psicótica do scott, embora ele pareça realmente interessado na família, não me agrada. pq filhos bastardos (odeio essa palavra, mass) sempre são tão chatos nas séries (vide brothers&sisters rs)? eu sei que são traumatizados etc, mas BLERGH. não gostei.

* carter. acho que tem potencial. já que serena e dan como casal estão mortos agora (e espero que não ressucitem), achei interessante resgatarem o carter. e gosto muito do sebastian stan.

* nate. foi ok. acho que o nate fica melhor trabalhado qdo investem nesse lado das pressões familiares mesmo…

* uma coisa que ficou estranha foi a ausência da lily. eu sei que foi por causa da atriz e tals, mas sei lá… achei a dinâmica meio estranha. pelo menos se eu fosse a serena não ia me sentir muito n’umas de dar satisfação pro meu padrasto num nível daqueles, quase sendo acusada, sem minha mãe estar lá (se fosse meu padrasto há, sei lá, 10 anos, mas há 1? rs NOT). por outro lado, ainda na família van der woodsen/humphrey, jenny e eric combinam muito juntos, desde a season 1. tudo bem que trabalharam mais de sidekicks aqui (o eric sempre o é), mas acredito que veremos mais da j mais pra frente.

e que venha georgina!

(postado originalmente no alusões)

Anúncios

Autor: carol

there ain't no catcher in the rye vamo se jogar!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s