weeds – 05×01 – wonderful, wonderful

weeds0501

a quinta tempora de weeds volta ainda totalmente engatada na narrativa da quarta – eu sei, isso parece óbvio, né, uma temporada sempre vai dar sequência a outra, mas esse primeiro episódio podia muito bem ser mais um da temporada que passou.

depois da revelação bombástica de que está grávida, nancy consegue reverter a situação CILADA/PERIGO que enfrentava com a máfia mexicana. apesar da desconfiança de cesar, esteban acredita na palavra dela e resolve preservá-la (e também está interessado em ter um filho, já que foi mostrado que só tem garotas).

no núcleo dos rhodes, a volta esdrúxula de quinn continua enquanto ela e seu namorado rodolfo tentam arrancar algum dinheiro com o sequestro de celia – sem sucesso. eles não conseguem nem interromper a partida de baralho entre dean e isabel. depois, ainda tentam nancy (“é muito cedo para isso e não somos realmente amigas”), doug, roy till e, pasmem, andy.

diante desse quadro, quinn não amolece e decide vender os orgãos da mãe. celia fica tentando manipular rodolfo, mostrar que ele está sendo usado por quinn, blas. quando ela revela que teve câncer, quinn diz que o namorado não pode ter pena da mãe, mas rodolfo revela que dificilmente alguém vai querer os orgãos de celia por conta do tratamento com quimioterapia. descontrolada, quinn ataca celia e expulsa de casa por rodolfo. “se divirtam juntos”, diz ela – que realmente só estava querendo vingança de celia e pegar o dinheiro para comprar uma casa na praia, nada de “revolução”, como acreditava (caricaturalmente, claro) o rapaz. “cem mil não compra uma casa na praia”, zombou celia kk.

enquanto isso, os “meninos” discutem sobre o melhor lugar para plantar a maconha de silas. ele e shane se mostram céticos quanto ao retorno da mãe (já querem até decidir quem vai ficar com o quarto), enquanto andy tenta se manter otimista. ele está reflexivo e um pouco culpado por constatar que o doug falou é verdade: ele ama nancy. quando esta finalmente volta de tijuana sã & salva, ele fala que tem um plano para fugir da máfia – que inclui uma viagem para a dinamarca. “lá deve ser maravilhoso. e eu te amo”. diante disso, nancy reage de surpresa, revelando que está grávida.andy fica abatido com a informação e acaba deixando escapar diante de silas e doug.

cesar liga para marcar um encontro entre nancy e esteban e, surpresa, é uma consulta médica. esteban quer confirmar que é um garoto e que o filho é seu. nancy fica assustada, não entende o médico (mexicano) e quer ir para uma consulta nos eua, mas acaba sendo intimidada e consente.

um shane que está nitidamente ficando mais velho e menos infantil continua traficando maconha na escola – aumentando seu leque para os professores! quando ele chega em casa, doug acaba contando que nancy está grávida. shane  não quer acreditar, mas silas confirma e os dois vão perguntar diretamente à mãe, que também diz que é verdade. “quando é o aborto?”, pergunta silas, sem receber resposta, e andy diz que aquela é a chance do “namorado mexicano” de nancy não matar todos.

nancy pede que andy leve shane para a casa de sua irmã, em oakland, e o garoto se revolta. diante da briga, nancy determina que os dois filhos vão passar um tempo com a tia. vemos todos saindo da casa, mas não ficou claro para mim se silas também estava indo para a casa da tia – ele saiu com toda sua maconha, como planejava antes, para “acampar”.

na última cena, uma solitária nancy está em uma praça quando de repente as pessoas começam a dançar. ela pergunta a um rapaz o que está acontecendo e ele explica que é um flashmob. ela fica observando, achando divertido e rindo, até que observa que césar está parado do outro lado, claramente vigiando-a… e aí ela também fica séria. OI NANCY, FILHO É PRA SEMPRE, DEUS É MAIS. anyways, em cinco temporadas de weeds nunca vi a nancy amarrar o burrinho em alguém que prestasse! mas admito que a idéia dela com andy me dá um pouco de asco.

achei um início meio sem força e tals. vamos esperar. acompanho weeds muito despreocupadamente, de qualquer maneira.

Anúncios

Autor: carol

there ain't no catcher in the rye vamo se jogar!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s