harper's island – 01×09 – seep

harpers09

mais um episódio lento – e faltando 4 para o final, ainda temos em jogo os principais peões. será abby filha de wakefield? ou ela tem um irmão/irmã que está agindo agora, na ilha? ou, uma possibilidade levantada pelo episódio, estará o sempre suspeito xerife ainda mais envolvido com as matanças?


este nono episódio recomeça do ponto em que paramos na semana passada, praticamente. vemos, na pousada, shea, trish, katherine e charlie aguardando pela volta dos outros, shea acusando a irmã por seus amigos terem ido embora mesmo com maddison ainda sumida – quando de repente chegam sully e beth. sully é acusado de ter pensado em ir embora mas, como ele pontua, no final das contas ele ficou e isso que faz a diferença.

enquanto isso, abby leva o pai para os cuidados de cal (? ele e chloe reaparecem simplesmeten…). é um corte do ponto em que terminou meio abrupto. só depois vemos henry e jimmy chegando com o corpo de jd. o xerife pede a abby que mantenha a salvo a bolsa de harkins, odne está o diário de wakefield, e cal está um pouco nervoso, porque “há muito tempo não trata alguém vivo” (descobrimos que ele é legista).

henry parece abalado pela morte do irmão. jimmy encontra um papel no chão e entrega a ele, dizendo que estava no bolso de jd.

no hotel, sully informa ao pessoal que jd morreu, coisa e tal, deixando todos assustados. trish pergunta se aquilo quer dizer que jd não era responsável pela morte de thomas wellington.  de repente, eles ouvem um carro chegando, com o som bastante alto, e sully e charlie saem para conferir. eles cercam o veículo, mas quando abrem as portas veem que não há ninguém dentro e ficam sob a mira de shane (pois é…). shane diz que está procurando por jd e sully diz que ele está morto.

abby informa a todos na enfermeira que policiais do estado chegarão à ilha no dia seguinte. ela vai conversar com henry, que diz que tentou salvar o irmão, mas não conseguiu (detalhe que ele tá arranhado, ensanguentado etc). fica só nessa, e quando a amiga pergunta se jd disse algo antes de morrer ele fala que só o que falou para ela. “it’s all about me”, diz uma pensativa abby. depois, henry avisa que vai a pousada verificar se trish está bem e manda abby trancar tudo assim que ele sair.

henry diz ao pessoal na pousada que a polícia chegará no dia seguinte e que é mais seguro que eles passem a noite na pousada, na companhia um dos outros. maggia tranca tudo e diz que a única saída será pela porta da frente. henry vai perguntar a shane qual era sua intenção indo até a pousada e shane reage agressivamente, dizendo que a chegada deles desencadeou a morte e que eles estão se trancando com o assassino.

na enfermaria, abby fuça o diário de wakefield (claro) e jimmy diz que viu umas páginas similares e entregou a henry, por presumir que estavam com jd. abby diz que precisa vê-las (claro que eram as mais importantes, estavam DESTACADAS) e vai até a pousada. jimmy vai com ela. henry entrega prontamente os papéis, onde abby lê que “sarah deu a luz à nossa criança”. ela fica muito assustada, se perguntando se seria a filha de wakefield – estão lá henry, trish e jimmy, mas shane escuta e espalha logo para os convidados.

henry fica puto com shane, que confronta a todos, dizendo que as mortes estão acontecendo por conta de abby. todos olham meio estranho para ela, que sai, obviamente sentindo algum nível de culpa. jimmy vai atrás dela, que está convencida de que quem quer que esteja por trás de tudo “a quer” – e jimmy faz o protetor, dizendo que se for o caso, a pessoa jamais a terá.

em busca de beth e maddison

katherine procura por shea, que está num quarto dizendo que não quer ficar parada enquanto sua filha está sumida. de qualquer sorte, ela não aceita o consolo da madrasta, lembrando que ela teve um caso com richard e dizendo que ela não tem direito de amar maddison.

enquanto abby e jimmy conversam do lado de fora, shane tranca a porta da pousada e diz que não irá permitir que abby entre. irritado, henry o ataca e os dois começam a brigar selvagemente quando um dos garotos pergunta por beth e todos param, se dando conta de que ela simplesmente tinha sumido. eles começam a procurá-la e em um dos cômodos encontram sangue. vão abrindo portas e nada (sully e charlie). depois, trish, henry e abby se juntam a eles e acabam achando uma saída escondida, que dá n’um túnel (segundo maggie, ela nunca soube que existisse HUMMM).

todos decidem entrar para procurar beth – sully, claro, dá aquela hesitada de praxe, mas concorda em entrar – e henry diz a trish para ficar lá com a irmã. ele coloca uma arma na mão dela, para proteção, e entra no túnel com os outros.  quando trish volta até a sala, ninguém sabe de shea. ela acaba achando uma carta de tarot (a torre) e imagina que a irmã foi atrás da vidente. shane e katherine, no entanto, acham uma temeridade segui-la e dizem ser melhor esperar o dia amanhecer. trish finge que concorda, mas pega a caminhonete se shane e vai atrás da irmã.

ela encontra shea na estrada, caminhando, e diz que é loucura ir atrás da vidente. a irmã diz que desistir de procurar seria admitir que maddison estava morta e que não pode ficar sem fazer nada, então trish pede que ela entre no carro e diz que as duas vão juntas.

no túnel, a trilha de sangue se divide em uma bifurcação. sully e charlie vão por um lado e jimmy, henry e abby por outro. sully estava um pouco amedrontado de abby, porque ele diz que quem fez aquilo estava imitando wakefield e deveria ser alguém próximo. henry acredita que o túnel explica muita coisa – como entrava, saia, conseguia interromper a energia e os telefones. “não tem como isso acabar bem”, diz charlie.

os dois caminhos vão dar n’um túnel menor, uma espécie de tubulação bem estreita – só que do lado de sully e charlie há vestígios de sangue. henry diz que a entrada é muito estreita, mas abby acredita que consegue passar. e diante da negativa de sully em seguir adiante, caba a charlie se enfiar no caminho. vemos os dois avançando, mas é charlie quem se depara com o corpo de beth – em meio a sangue e, pelo ângulo, cortado ao meio. ele começa a gritar e volta o mais rápido que consegue.

enquanto isso, assim que abby entra fica presa, porque cai uma grade de ferro. jimmy e henry prometem ir pegar ferramentas e voltar para buscá-la e pedem que ela fique esperando, mas ela diz que vai seguir buscando por beth. o túnel dela desemboca em um lugar maior, onde ela fica de pé e continua a busca.d e repente, ela começa a ouvir barulho de passos e, em pânico, volta pela tubulação. agarram seu pé, mas ela consegue sair e depois atira no buraco. nessa altura nem – nem ela, imagino – sei que prora de lugar ela foi parar. não é de onde ela veio: ela começa a andar e acaba achando uma porta, que abre fácil (não está trancada) e se depara com um quartinho, onde maddison dorme tranquilamente.

voltando para buscar as ferramentas, jimmy e henry encontram sully e charlie e descobrem que beth está mrota (surpresa!). henry pede a shane que ele empreste as ferramentas que sempre leva em sua caminhonete, mas ele diz que não pode porque trish levou seu carro (um pouco antes, shane teve uma conversa piada com katherine e escreveu seu nome na mesa da pousada. maggie surgiu suspeitamente do nada, comos empre, aliás, e ele disse que ninguém iria mais se hospedar ali anyway).

nesta altura, meu alerta de perigo estava com as duas irmã wellington e o xerife (e se mostrou um pouco acurado, embora DO OUTRO LADO DA MESA kkk).

abby promete a maddison que elas vão sair e começam a fuçar pelo túnel,a té que veem uma escadinha que leva para fora – maddison diz que está vendo o céu. é um bueiro, e as duas tentam chamar a atenção de alguém. é plena madrugada, então não me parece um plano muito forte… mas maddison coloca a mãozinha para fora e fica gritando pedindo por ajuda. por coincidência, trish e shea estavam passando de carro – e shea vê a mão e pede que a irmã pare. ela vai correndo e vê que é maddison.

cortamos já para elas voltando para o hotel (como abriram o bueiro, tubulação ou whatever?). trish diz a henry que maddison está bem. maggie fala para a menina que todos estão felizes em tê-la de volta, mas maddie parece meio assustada ao ouvi-la e shea diz que ela ainda está estressada e vão esperar para conversar com o xerife. de dentro da pousada, shane observa tudo e zomba katherine, dizendo que ela está perdendo o grande encontro da família. ele olha para ela, sentada no sofá, e se espanta com a imobilidade. ao se aproximar, ele vê que há sangue por todo lado.

o xerife

sozinhos na enfermaria com o desacordado xerife, chloe e cal acabam fazendo sexo – essa moça turns on com as coisas mais estranhas do mundo, como o próprio namorado aponta.. de qualquer sorte, muitos séculos depois cortam novamente para essa cena, quando cal vai checar o convalescente e não o encontra na cama.

antes que ele possa alertar qualquer um (e na hora que ele e chloe sairam do quarto ficou meio claro que algo ia rolar com o xerife), vemos a cena final do episódio, quando maddie pergunta se abby gostou do jogo. abby diz que não sabe do que ela está falando. “o jogo. ele disse que você iria gostar”. “que homem?”, pergunta abby. “seu pai, abby. o xerife”.

ficam as questões: o xerife sequestrou a maddison? ou essa porra sonsa ta mentindo? se foi ele, teve algum motivo obscuro ou apenas é o assassino, mesmo? achei meio morno. mortes bobas. suspense fraco. e as personagens que morreram, bem, duas coadjuvantes a menos…

Anúncios

Autor: carol

there ain't no catcher in the rye vamo se jogar!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s