heroes – 03×23 – 1961

esse era o episódio que eu estava esperando que fosse o prometido do fuller sobre o passado de angela – não é. é sobre o que angela passou, sim, sobre a companhia, mas foi escrito por aron eli coleite e talvez isso tenha feito a diferença. eu sei que o escritor que aparece nos créditos não fez tudo sozinho – especialmente tomar as big decisions, mas sei lá…

não tem como o episódio não ser interessante… desde que descobrimos que HAVIA uma geração anterior de heróis, back on season one, qualquer dose de informação sobre isso é um prazer. saber sobre como foi esse início, sobre quem era angela, é interessante per si. mas o episódio se perde em ser piegas e, na verdade, se existem especiais desde ANTES DE CRISTO (/adam) acho muito difícil acreditar que só foram caçados/estudados/descobertos duas vezes – nessa da década de 1960 e na atual, com griffe danko.

1961-02

mas vamos aos fatos: a galera tá escavando cadáveres em coyote sands, meio sem saber porque – seguindo ordens de angela. peter tá ainda fazendo o putinho com nathan, e claire pede que ele dê uma segunda chance ao irmão “Você caiu no charme. Todos caem”. Ele quer respostas, como sempre, e blas.

Daí temos o primeiro flashback (são todos em P&B). Vemos o dr. Suresh recebndo os pais e as crianças no centro médico, explicando onde cada um vai ficar. Angela e Alice Shaw estão entre os novos moradores. As meninas ficam assustadas com os guardas, mas o dr. Suresh diz que eles estão ali para protegê-las. Deveaux, Linderman e Bishop já estão lá. Vemos que Alice não queria ir – ela levou só brinquedos e livros, nada de roupas. Anegla explica que precisa dela, que o dr. Suresh pode fazer seus pesadelos sumirem etc e promete arrumar roupas e meias para esquentar a irmã.

1961-05

Já no presente, Angela explica que toda sua família morreu ali e que a história podia se repetir se eles não se unissem. Ela explica que era um progrma do governo para os dotados. “Nós fizemos todos esquecerem”, sendo nós a Companhia, que se formou ali. “Destruímos memórias, tudo para ficar em segredo. Precisamos ficar em segredo novamente”. Peter não concorda com esses métodos (varia do dia, ein, campeão, mas tudo bem, no geral você é humanista mesmo). Angela diz que está sonhando algo que não faz sentido – que sua irma Alice está viva – e que precisa achá-la ou achar algo dela e dar um enterro apropriado.

No flashback, vemos que Deveaux desconfia que eles sejam ratos de laboratório num campo de concentração e compara a situação deles a dos judeus, feitos reféns pelos nazistas. Angela tem um pesadelo e diz a eles para não confiarem no dr. Suresh. Alice ouve isso e fica amedrontada. Ela revela à irmã que acha que pode controlar o tempo – e faz nevar para provar.

No presente, Angela e Claire conversam. Claire diz que pediu para ficar só com ela, que quer entender porque ela nunca mencionou a irmã; “Você já fez algo tão terrível que pensa que se falar sobre nunca mais vai parar de chorar?”, diz Angela. De repente o tempo fica louco e Angela sai gritando por Alice. Em meio à tempestade, Bennet acha Mohinder, que foi a Coyote Sands como sempre atrás de coisas sobre o pai.

No café de Coyote Sands, Peter e Nate (um mais obsoleto que o outro right now) tentam reconstruir a relação. Peter acusa Nate de egoísmo e Nate diz que eles precisam ser capazes de se perdoar. Pete diz que está tentando.

No passado, Angela está sendo entrevistada pelo dr. Suresh e diz que ele vai matar todos ali, mesmo sendo um homem bom. Suresh nega e diz que, como ela mesma ressaltou, os sonhos são confusos e abertos a interpretação.

De volta à tempestade presente, Angela diz a Claire que a tempestade é uma maneira de Alice expressar sua raiva e que ela, Angela, precisa lidar com aquilo sozinha. Quando Nate e Pete voltam, Claire diz que ela sumiu. Bennet e Mohinder conversam e o indiano fica depre, achando que o pai é o Mengele da história. HGR diz para ele não se precipitar. Peter diz a Mohinder quea intenção da mãe é formar uma nova Companhia.

1961-03

Depois, Bennet e Nate conversam e falam que “fizeram uma bagunça”. Bennet da o update que Sylar agora é transmorfo também, que ele se associou com Danko, enfim, que tá tudo na merda. Claire lembra que eles não têm mais vida, que não se lembra do último livro que leu, filme que viu. Ela diz que quer ser normal.

em 1961, vemos deveaux pressionando angela paa que eles fujam do campo – seguindo o seu plano, ele ressalta. ela está hesitante em deixar alice, deveaux acha que a irmã retardaria a todos. ele diz para angela mentir – e assim ela o faz, quando a irmã também quer ir e ela nega (“vocês vão transar?” “não! eu sonhei que ia ser seguro pra você aqui. não saia daqui”).  angela está meio culpada, porque prometeu nunca deixar a irmã, mas foge com deveaux, linderman e o outro na troca de guardas.

no presente, angela encontra uma mulher com cara meio louca em um abrigo militar. “alice?”. nessa hora, prsente e flashback ficam se misturando mais rapidamente. vemos que quando fugiram do campo, no passado, os meninos estavam maios interessados emc omer fritas e ouvir música no café – angela liga pra polícia pra falar do campo mas eles nenli. ela está tensa, aí deveaux a tira pra dançar – e o dono do bar fala que ali não se dançam com negros. deveaux mexe na realidade e faz todos esquecerem daquilo. nessa hora, veem na TV que em coyote  sands o tempo ficou louco. “temos que levar meias para alice!” – ai, fala se isso não é patético?

1961-04

“porque você ficou?” pergunta angela a alice, no presente. “você disse que eu estaria segura. e o mundo ficaria seguro sem mim”. “o que aconteceu naquela noite, alice?”. ela explica que dr. suresh foi entrevistá-la e na hroa de tomar injeção ela freak out e acabou descontrolando seu poder, gerando uma tempestade. ela saiu correndo, suresh atrás tentando contê-la. o pai aparece e da um choque de energia em suresh – nessa hora os guardas atiram nele e começa o tiroteio. alice se esconde debaixo de um trailer. “você não tem que ficar aqui”, diz angela. “eu tenho meias para você. sempre que podia, roubava meias para você”.

as duas estão nesse momento super piegas, se conectando, e quando angela revela que mentiu sobre o sonho de “você estará segura aqui” alice fica LOKA e o tempo fica doido também, claro. para tentar conter a irmã, angela apela, fala que ela tem uma familia, mostra peter, diz que ela ttem um sobrinho, para não punir os outros pelo seu erro. “vamos para casa”.  alice diz apenas “não” e some. angela diz que acha que não verá mais a irmã.

peter acha gravações das entrevistas do dr. suresh e entrega a mohinder, que diz que não sabe se vale a pena remexer no passado. mas diz que não vai embora até estar pronto para se perdoar (pelo que?). não vjejo como o dr. suresh matou todos – só encarando indiretamente. e deois ele se dedicou a tentar ajudar (ajudar, realmente? o que ele queria fazer de fato?) os especiais, tudo opr conta da filha e tudo.

no pssado, vemos a formação da Companhia, descrita por Angela como um “mal necessário”. No presente, Peter diz que “isso não é uma companhia, é uma família” – estão na mesa Angela, os dois filhos, Claire e Bennet. Eles querem tentar viver em off de novo. Nathan diz que vai assumir seus erros pro presidente e tentar acabar com o programa sobre os especiais.

Nessa hora, eles vêem na TV o próprio Nathan falando que vai encontrar o presidente e vai fazer a diferença… Ops, foram largar um transmorfo por aí… interessante que no epi não vemos nada de arthur petrelli – quando ele entrou na historia e tudo. heroes nos engodou muito com arthur, me dá raiva só de pensar…

1961-01

Anúncios

Autor: carol

there ain't no catcher in the rye vamo se jogar!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s