heroes – 03×17 – cold wars

começamos de onde pararam: matt, mohinder e peter (uma tríade bem bunda mole), dando um boa noite cinderela em noah. a intenção deles é descobrir mais sobre a caçada de que estão sendo alvos – quem está realmente por trás, por que, por que agora? com noah amarrado, matt vai tentar entrar em sua mente e encontrar algumas das respostas para esse pessoal, que vive sem parâmetro.

noah continua querendo seguir sua missão, de evitar que os “dotados” acabem causando danos. vemos ele tentando convencer angela a seguir adiante, mesmo sem a primatech, “a companhia foi útil, mas seu tempo passou”, responde a matriarca petrelli, que parece querer cortar laços com ele. ela admite que está cansada e “já contou tantas mentiras” – nós também queremos saber! nada da companhia, nada do próprio arthur, toda aquela coisa da fórmula… eu sei que estamos no ciclo 3, mas o 2 ficou meio obscuro pra mim. tipo WTF?

esse desejo de noah de seguir adiante vai ao encontro do mesmo desejo manifestado por nathan, que vai atrás dele para explicar que as coisas vão mudar mas “claire vai ficar a salvo”. a intenção de nathan é “estudar” as pessoas com habilidades para eventualment curá-las – me lembra um plot de x-men em que a cura fica possível e alguns ficam ofendidos porque não querem “se curar” enquanto outros ficam felizes, porque nunca quiseram ser diferentes, claro que o do x-men é um passo adiante.

o trio tem um pequeno desentendimento humanista, quando o mais bunda mole de todos, meu querido mohinder, mostra desconforto em usar tais métodos contra bennet. mas acabam decidindo ir adiante. mohinder também questiona o quão científica é esta maneira de investigação – os fatos que matt descobre são reais, estão distorcidos na mente de noah? eles fazem um teste e, aparentemente, o que matt está descobrindo é real.

Peter
Peter

danko, corretamente, investiga noah e nathan, desconfiado dos dois, que protegem claire. é assim que eles acham peter – que foi fazer o teste indo em um armazém onde noah mantém armas e documentos, para testar a combinação. o desconfiado danko tinha um investigador assistindo o local. nathan, que fica em dúvida sobre se noah trocou de lado, pede que peter não seja morto e sim capturado. para danko, isso é “arriscar a vida dos seus próprios homens”. ele não engole nathan e ele não tem ligações com nenhum dos heroes, então uma hora essa bomba vai explodir. ele mesmo diz para noah não presumir nada sobre ele – nesse mato tem coelho.

peter sai voando – último poder que pegou, está cada vez mais “vampira”. enquanto mohinder e matt começam a freak out com a demora, noah sai do transe dopado em que estava e diz que o armazém era vigiado e começa a tentar manipular os dois – o jogo dele é de gente grande né…

tortura?
tortura?

matt continua entrando na cabeça de noah e descobre que mohinder sabia da operação – o que causa a MAJOR briga entre os dois. yeah, it’s about daphne. bennet não é bobo e aproveita para se mandar durante a confusão entre os noobs – para ser recapturado por peter, que está chegando.

os tres descobrem de danko e vão atrás dele, a despeito do aviso de bennet de que isso seria perigoso. no bunker, nathan vê peter apontando uma arma para danko. fica aquele jogo: se você matá-lo, vai provar o ponto dele, que voces sao perigosos, assinar a sentença de morte dos outros etc e tal. no bate e rebate, pete atira no braço de danko e consegue escapar.

sob a mira da arma de matt, bennet revela que daphne está viva e nas mãos do governo – ao meu ver, podia dizer isso da elle, daphne podia continuar mortinha da silva. bom, taí um programa onde tudo é possível. enquanto matt está lendo a mente de bennet, mohinder tenta fugir e é capturado. matt acaba sendo preso também – e escapa voando, ajudado por pete.

preso, mohinder ouve de nathan que a fuga da galera depois que o avião caiu (rsrs) deu razão para a linha-dura do projeto – ele só queria estudar e encontrar uma maneira de conter os poderes da galera, que estava sendo levada para uma prisão. ele tenta aliar mohinder, para usá-lo como cientista para investigar os poderes – a cobaia será daphne. não dão muitas possibilidades – de outro jeito, todos morrem, diz nathan.

o episódio não foi ruim, só boring e sem muitas informações adicionais – são grandes revelações que nathan e noah planejaram tudo junto? que nathan está “bem intencionado” (acordou nessas um dia)? que danko tá louco pro circo pegar fogo? só o fato de daphne estar realmente viva é uma revelação, e não das que fazem um episódio… “o trabalho é minha única dedicação”, diz noah a danko, no final. e essa amizade a la casablanca é a surpresa do episódio para mim, ainda que fake, porque vemos que angela is not dead. ela sabe quem é danko – “ele não confia em ninguem e vai continuar a testá-lo” – e vemos que há outra agenda por trás, agora – e qual será??

podia ter terminado ai. matt-brand-new pintor do futuro vai tentar fazer algo para achar daphne, tipo pintar onde ela está, e só tem pinturas de bomba, dele com bombas na cintura e, veja você, nova york em chamas… AGAIN. ai meus sais. BRYAN FULLER DJÁ!

notas – japoneses, sylar e claire não dão as caras no episódio.

Anúncios

Autor: carol

there ain't no catcher in the rye vamo se jogar!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s