gossip girl – promo de seder anything e mais

ainda estou assistindo o remains of j, mas já está rolando a promo do seder anything – que vai ao ar somente em 20 de abril, não guento mais com esses intervalos. no episódio, chuck e nate se unem para expor o novo namorado de serena, gabriel, enquanto se tornam rivais pela afeição de blair durante o processo. voltam a aparecer cyrus rose e uma nova georgina sparks.

promo:

e essa semana a kristen bell foi fotografada nos estúdios de gossip girl, fazendo a galera se perguntar se gg irá aparecer em pessoa em algum episódio futuro dessa temporada. segundo a coluna da kristin no e! (ela está de licença-maternidade, mas a coluna continua sendo atualizada pelo “time”), bell nao irá aparecer, mas a season finale terá muito de serena tentando a todo custo desmascarar a fofoqueira mais querida do velho oeste.

blake-lively-and-kristen-bell
ed-westwick-kristen-bell

lista de episódios  que faltam para o fim da segunda temporada:

2.21 – “Seder Anything”

2.22 – “Loose Ends”

2.23 – “Sparks Fly”

2.24 – “Eyes Wide Open” (episódio qie introduz a spinoff sobre o passado de lily)

2.25 – “The Curious Case of Bart Bass”

perguntas e respostas direto do ausiello:

P: Estou morrendo por alguma novidade sobre a season finale de Gossip Girl.
A: Eu estou ouvindo que haverão múltiplos ganchos, um deles podendo incluir uma aparição do presumidamente morto filho de Rufus e Lily.

P: Algum furo sobre a spinoof de Gossip Girl? Por favor me diga que eles não estão chamando de Lily. Isso seria terrível.
A: Eles não estão chamando de Lily; também não será Lily of the Valley, como havia sido dito. The Valley foi discutido mas, ainda bem, era o nome de uma novela falsa em The OC. O que deixa… um… Se você tem sugestoes, deixe nos comentários!

Anúncios

spoilers grey's

huuuum. parece que dia 7 veremos mer e der subirem no altar, mesmo. pelo menos foi o que a sondha disse à associated press – o ausiello também confirmou. também à ap, a katherine heigl disse que ainda está “all in” em grey’s, mas que não sabe nada sobre o futuro de izzie, se ela morre, sobrevive. eu aposto que vive, beijas!

os outros boatos são sobre o george se alistar no exército – e talvez o owen voltar para lá. primeiro foi o ausiello quem disse que o hunt ia notar o george (kkkk), incentivando-o a ser um médico na guerra. isso serviria de porta de saída pro t.r. kninght, que nao tá fazendo nada em grey’s, verdade seja dita. agora, o e! tá comentando que dois personagens iriam para um escritório militar na season finale.. segundo o tv guide, george vai ter um grande storyline envolvendo o hunt. tenham medo.

“hunt (começará) a ver algo em george que nenhum dos outros tem”, disse mckidd à coluna do ausiello. aparentemente, algo vai acontecer e mostrar que george tem mais habilidades do que o mcmajor imaginava. e hunt vai se tornar MENTOR do george.

a volta de in treatment

volta neste domingo, 5, in treatment, e a gente fica aqui na torcida para a segunda temporada ser tão boa quanto a primeira. agora, o paul está em nova york, pra onde se mudou depois de se separar de kate (chuinf). apesar disso, ele ainda se consulta com gina semanlmente.

nesta segunda temporada, os episódios serão exibidos dois no domingo e três na sgunda, embora na narrativa continuem acompanhando a semana de segunda a sexta – como foram exibidos na primeira, sempre diariamente. a exibição é da hbo.

um pouco sobre os novos pacientes do dr. weston:

segundas – mira (hope davis, de sinedoque, ny, proof etc) – uma advogada que paul já tratou e que o acusa por ela jamais ter conseguido formar uma família.

terças – april (allison pill) –  uma  adolescente que parece ter uma vida normal, mas esconde um segredo.

(estes vão ao ar no domingo)

quartas- oliver (aaron shaw) – um garoto de 9 anos que está lidando com a separação dos pais.

quintas – walter (john mahoney) – um empresário de sucesso que se sente infeliz com o rumo de sua vida.

o criador do programa, rodrigo garcia, continua como produtor, mas o showrruner desta temporada será warren leight, que já trabalhou em law & order.

sneak peek da segunda temporada:

grey's anatomy – 05×19 – elevator love letter

grey’s anatomy não tem um episódio impecável há um bom tempo, mas é revigorante quando temos nossos 40 minutos de dramas bem feitos, sem nenhuma grande bobagem no caminho, e fortes emoções que nos trazem um pouquinho da era de ouro da série, primeira e segunda temporadas, de volta.a stacy mckee consegue isso em elevator love letter, em que quase todos os internos têm uma storyline (menos o george, surpresaaa, mas a esta altura do campeonato só de ele aparecer e ter uma CENA já é grandes coisas).

é o episódio da izzie – doente, prestes a ser operada, escrutinada por todo o hospital, uma paciente diante de todos os amigos, pela primeira vez. mas também é o episódio da meredith – mais uma vez fazendo a madura, dando força pro derek, e no final das contas ficando noiva! correndo por fora, é também o episódio da cristina, ainda vivendo um relacionamento complicado com owen, que toma novos rumos quando o estresse pós-traumático dele vai descambar em um lado agressivo, colocando a “namorada” em risco. e, claro, é o episódio do alex – em choque, paralisado, em crise -, ele que narra dessa vez.

os amigos da izzie estão todos em choque, mas cada um evitando lidar diretamente com ela, ainda que incoscientemente (menos o george, que faz o ofendido por não ter sido o escolhido para ouvir as confidências e tá putinho). izzie passa o tempo todo no quarto do hospital, tricotando um cachecol, recebendo apoio sobretudo de miranda. a doença dela abala todos – internos, o chefe, uma pensativa callie, que admite para arizona (já estão insinuando o relacionamento entre as duas) que por muito tempo desejou que izzie morresse.

alex tenta primeiro se segurar a sua imagem de “médico”, chegando a dizer que está lá como doutor, mas quando o chefe vai pedir para que ele doe espermatozóides para fecundar os óvulos retirados de izzie – assim eles têm mais chances de sobrevivência – ele acaba desabando. “não era assim que izzie e eu deveríamos ter bebês”, ele diz a meredith, numa tocante cena no on call room. “Você acha que ela vai sobreviver? Ela me disse que estava vendo fantasmas e eu não fiz nada – e eu sou um médico”, diz Alex, para uma compreensiva Meredith (tá na época de ouro).

a meredith tá tão sussa consigo mesma que recusa sem hesitar o pedido tímido que derek faz no início do episódio – “not like this”, quando ele coloca o anel na mesa. para mer, “today it’s about izzie”, e ela que chamou o derek na xinxa no último epi. antes da cirurgia, o derek diz que não aguenta a ansiedade, precisa saber da resposta dela, mas ela se recusa a dar um sim e injeta um pouco de confiança nele, dizendo que “você pode fazer isso”.

na cirurgia, a oncologista bossy ensaia desconcentrar o derek, mas não consegue. “até logo, dra. stevens” “espero que sim” “é um belo dia para salvar vidas”. e tudo corre bem nessa primeira parte. derek tem sucesso total, izzie vai pro quarto fraca, mas viva, para enfrentar o resto do tratamento, miranda diz para a galere fazer os amigos, não os médicos (e ganha o cachecol dela), até callie intima george a deixar de ser besta e se ligar que izzie, sua amiga, pode morrer..

no caso médico da cena, que a princípio achei meio PRA QUE ISTO, uma senhora está pra morrer há 3 anos mas sempre se recupera na hora h, deixando os sobrinhos n’uma vida de ansiedade. alex uma hora chega a se indignar com eles, que parecem apressados para seguir com suas vidas, e chega a pedir que lexie não permita que eles entrem no quarto. mas a senhorinha os defende e diz que eles sempre aparecem e que “people are better than no people”. no final ela mrre e eles até ficam true triste. a morte, mesmo quando esperada e natural, não deixa de ser um pequeno choque.

Casamento, at last?
no final do episódio, derek faz um pedido de casamento em grande estilo, como queriam os shippers, a meredith. até eu, que nunca fui uma entusiasta do casal, achei bonitinho. é auto-referente, funciona, é romântico mas nem chega a ser muito piegas.  só deus sabe se eles vão continuar essa história em linha reta, sem grandes reviravoltas, brigas, desistências… os spoilers dão conta de um casamento no dia 7 de maio, mas  dizuem que  vai ser algo surpreendente e, como diz o ausiello, mer-der casando, o que há de surpreendente nisso? vamos aguardar!

finalmente?!
finalmente?!

casal-durão
sempre esperei muito da participação do kevin mckidd em grey’s, mas ficam só nessa de “homem atormentado”, largaram a coisa da mãe e da noiva  dele pra lá, investem num relacionamento “vitoriano” com a problemática cristina…  e se tem uma coisa que eu nao curto em GREYS é gente problemática – sério, o único ue parece ter algum escopo pra isso é o alex, e só agora que a meredith meio que superou essa fase eu to curtindo mais ela. adoro como ser PROBLEMATICO é sempre um atestado para profundidade, hahaha. enfim, pra mim meio DEU de cristina yang, muito barulho por nada, e dessa coisa de estresse pós-traumático do owen. ele fica tendo crises perto de hélices girando, ventiladores, e numa dessas acba partindo pra sufocar  cristina.

primeiro ela diz pra ele que aguenta, e ele dá um chega pra lá em derek, que tenta ajudá-lo, kmas quando no final do episódio ela assume que é too much e pula fora ele resolve buscar tratamento… yep. no final do episódio, meredith feliz vai falar que tá noiva e cristina conta sobre o fim do seu caso/namoro/relacionamento com owen.

“do better tomorrow”, diz miranda, e alex vai para o quarto de izzie segurar sua mão e dizer que doou espermatozóides por ela. ai ai, grey’s – admito que essa série ainda me faz suspirar, apesar de tudo…

grey's anatomy – 05×18 – stand by me

o hospital está em frangalhos. é izzie com câncer (ainda escondido), cristina – a única que sabe da doença da amiga – desconcentrada para sua primeira cirurgia solo, derek ainda no trailer, isolado, pensando sobre os pacientes que “matou”. a perda de seu neurocirurgião parece afetar muito o chefe – “ele não pode perder o sheperd”, diz miranda -, que está n’um estresse só. mas, como o jack, vamos por partes (/infame).

no último episódio, a izzie decidiu confessar para cristina que tem câncer um tipo muito agressivo que reduz suas chances de sobrevivência para 5%. ela pediu segredo, um segredo que pesa dentro de yang, que se esforça para levar opções de tratamento para a amiga. concomitantemente, ela é escolhida para ser a primeira residente com uma cirurgia solo, algo bobo (acho que era para retirar o apêndice ou something), mas que deveria atrair toda sua atenção em situações ordinárias. mas aqui, enquanto a paciente interpretada pela ex mrs. Kim de Gilmore Girls está cheia de perguntas vemos Cristina saindo para atender o telefone e se matando para conseguir uma consulta com o melhor oncologista da região para izzie.

izzie que ainda está ambígua com relação ao tratamento – não sabe se quer, se vale a pena. observando o grande caso da semana, um raro transplante facial comandado  por sloan e que atrai a atenção de todo o hospital, ela fica ainda mais insegura. “sugador” é o apelido carinhoso pelo qual os médicos chamam o paciente, um rapaz que sofre há 12 anos com o rosto desfigurado. o tom das piadinhas incomoda muito izzie – que é escolhida para a cirurgia junto com lexie, essa segunda provocando suspeitas de estar sendo favorecida – e ela acaba brigando com os internos. diante do desequilíbrio de izzie, sloan prefere retirá-la da “parte médica”, embora a mantenha para ajudar na parte emocional. george sente qu tem algo rolando com a amiga.

flagradas em uma conversa suspeita pelos amigos, as duas acabam inventando que izzie tem um enema. “por que você se importa tanto?”, ela diz depois para cristina, que na verdade só não quer ficar com a responsabilidade (e chega a dizer isso com todas as letras, “você não vai morrer nos meus braços”) e tenta novamente jogar izzie para o consolo com outros amigos, falando que ela está reagindo emocionalmente e deveria procurar meredith ou george.  izzie volta a insistir que não sabe se irá querer o tratamento, se pergunta do que irão chamá-la quando for paciente e repete o discurso de que cirurgias vivem falhando e que derek está paralisado agora por conta disso.

depois, izzie diz ao paciente do transplante que seus amigos vão entender porque ele virou a cara para ele – dave, o paciente, não queria que o grupo de apoio o visse “sem rosto”. estava com medo que eles se horrorizassem. “eles não desviaram. você que desviou”, diz lexie. a sós com izzie, ele se mostra arrependido por ter virado as costas para aqueles que sempre o apoiaram. “você estava apavorado e qeria protegê-los. eles vão entender”, diz izzie, parecendo falar consigo mesma.

e os amigos dela, vão entender? antes da cirurgia (opa, foi de hérnia, lembrei agora), mrs kim diz que precisa que yang fale que vai “tudo ficar bem”. cristina respira fundo, garante sucesso e fala para alex que izzie tem um câncer gravíssimo e está a beira da morte – parece que ela não conseguiria operar com o peso daquele segredo, o que é fair enough.

a linha do episódio, que trata principalmente da falibilidade médica, ainda segue a reclusão de derek e um pequeno plot sobre os internos – um triângulo amoroso que descamba em briga e termina atrapalhando no trabalho deles no hospital. eles estão machucados, agindo estranho, e miranda pede que meredith e george lidem com aquilo, o que eles não querem. “vocês acham que eu gostei de me meter nos seus dramas de internos?”, ela diz, lembrando que nas primeiras temporadas ERA SÓ ISSO O QUE TINHA. embora tenha sido uma trama bem simplezinha, é legal pra ver que s internos existem, sim, obrigada, e podem ser explorados de quando em quando.

derek, em seu trailer bebendo e olhando pro nada, recebe visitas enviadas por miranda, que deveriam trazê-lo de volta. primeiro callie, que diante do papo baixo-astral acaba relembrando seus tempos de baixa na medicina e fica lá tomando cerveja. depois mcarmy, que também fica lá sob o efeito do papo sobre as das mortes que ‘causaram” ao longo dos anos. o chefe acaa indo atrás deles e diz que “todos morrem. e nós não decidimos isso”. derek, revoltado, acusa o chefe por ter revelado a meredith sobre seu pedido de casamento – o chefe não aceita ser acusado por que ele não soube lidar com a “mulher amada”, diz que derek está no buraco e que ele estará lá para ajudá-lo quando ele resolver voltar.

depois, meredith aparece lá e diz que precisa de derek para salvar izzie. nessa hora, é como se tudo se encaixasse de um jeito tão bonito – sorry, pieguice no ar -, com derek olhando os exames de izzie, pensando que não pode errar… e ver que isso irá ajudá-lo a se reerguer ao mesmo tempo em que ele ajuda a amiga. e meredith fazendo a SERENA. CORRAO MESMO.

heroes – 03×20 – cold snap

a volta de bryan fuller para algo mais efetivo em heroes era muito esperada por mim – única coisa boa do final de pushing daisies era essa possibilidade  de um up na série dos heróis. a ali larter estava toda excitada, eu estava contando os dias, mas a verdade é que cold snap é muito paradão, meio tédio, cheio de coisas chatas que estão sempre aparecendo em heroes.

ok, descobrimos quem é rebel – no final das contas, se ativeram ao básico, mas se era pra fazer algo tão previsível assim, pra que tanto suspense? nunca gostei dessa storyline do rebel e achava muito pouco provável que o desfecho me agradasse, mas tudo bem. a tracy morreu – morreu? sabemos que uma das mortes é fake e, bem, eu me lembro de quando quebraram a emma frost em sua versão diamante (/x-men) e depois o fera foi lá e… COLOU. então, tipos, tudo é possível – o gelo derretendo, a tracy não conseguiria se reagrupar? cortaram logo a cena, mas fica pra nossa imaginação e pras cenas dos próximos episódios…

morte real parece mesmo ter sido a da daphne, um personagem sempre meio HUMrs. velocistas são um clássico na mutação, até me espanta que heroes tenha demorado a mostrar o seu, e ela sai de cena justificando que ela e matt, bem, nunca tiveram realmente um esteio para ter um relacionamento, né? sincronizado com isso, temos a volta do passado do matt? tipo, what the fuck? o poder do matt parkman bb é bem bobo mesmo, misturando com hiro e ando, ainda meio perdidos na série, e o próprio matt se vendo diante de questões sobre se daphne seria apenas um rebound para janice. PASSO.

o ponto mais interessante do episódio foi certamente a angela petrelli – até ai nenhuma surpresa, né. safa, digna, bem interpretada, conseguindo segurar três temporadas de mistério sem muito esforço. aguardo pelo epi do fuller SOBRE ELA, isso sim – e ele já jogou a Swoosie Kurtz como, o que, irmã da angela? antiga aliada? no aguardo.

largaram o gancho do sylar no escritório do danko, tipo cenas do próximo capítulo do último… e o pete aparecendo de supetão, do nada e pro nada, pra salvar a mãe? mas vá lá, enxugar o elenco por episódio é certamente algo que essa série está precisando… nem nathan, nem claire… vai ver é isso, se apegou muito a personagens que eu nem gosto. tracy? a única personagem da ali que eu gostava era a niki, quando não estava possuída. mas os produtores são eternos nela, né? duvido nada ressucitarem a terceira gêmea…

aaudiência continua ruim – 6.8 milhões – e, vá lá, é merecido. sei que estou fadada a acompanhar heroes até o final, mas não culpo ninguém por desistir dessa série, que anda mais irregular do que nunca. a terceira temporada CHEGOU A TER UM UP, mas depois acho que esqueceram disso… faltam ainda cinco episódios para a terceira temporada e isso, sinceramente, me parece muito pouco para ajeitar a bagunça que está a série… vamos aguardar o próximo volume, redenção.

lauren graham na abc

E eu aqui falando  e falando da Lauren e esquecendo de mencionar o novo piloto, de uma comédia da ABC, The Bridget Show. O programa é produzido por Mitchell Hurwitz e deverá contar com a Lauren como uma ex rainha de talk show que tenta voltar ao showbusiness depois de um romance desastroso. Jeffrey Tambom irá interpretar o empresário de Bridget.

Também irão participar Holly Robinson Peete (Hangin’ With Mr. Cooper) e Josh Braaten (Less than Perfect) – Holly como  a terapeuta de Bridget que assume o show quando a ex-apresentadora desiste para perseguir seu romance.  Josh Braaten será o primo on drugs do ex de Bridget. Wait and see!